Página Inicial » Israel

Deputado israelense faz campanha para construção do “Terceiro Templo”

Para muitos estudiosos da Bíblia, a construção de um novo templo seria sinal da vinda de Cristo

por Jarbas Aragão


Deputado israelense faz campanha para construção do “Terceiro Templo” Deputado israelense faz campanha para construção do "Terceiro Templo"

O deputado Israelense Zevulun Orlev, atualmente no partido “Lar judeu” é um nacionalista. Ele já foi ministro de Estado e é um conhecido herói de guerra.  Polêmico, ele agora está pedindo reformas urgentes, incluindo novas leis básicas, a fim de se construir um terceiro templo em Jerusalém.

Ele publicou  um artigo no semanário hebraico  Olam Katan, com o título de “Reforma Interna e Legislativa”, defendendo que o Templo deve ser reconstruído em Jerusalém e que eram necessárias “mudanças fundamentais” na sociedade e no governo israelenses para que o projeto tenha sucesso.

Além disso, deseja uma “reforma espiritual” e a criação de um grupo de especialistas religiosos capazes de executar a obra de construção do Templo. Orlev argumentou que o governo deveria “ser democrático” sobre o assunto.

“Será necessário derrotar os movimentos que não tem confiança, superar os que estão hostis, os de esquerda, a mídia secular, e ignorar os economistas que vão dizer que trata-se de um desperdício de dinheiro público”, argumentou.

Para evitar recursos ao Supremo Tribunal de Justiça, Orlev defendeu a aprovação de uma nova “Lei Básica” que garantiria o financiamento e a mão de obra necessária, além de proteger o Terceiro Templo de perseguição.

“A lei também vai proteger o projeto [do Terceiro Templo] de acusações de discriminação,  desigualdade do condições para as mulheres no  Templo, e a crueldade contra animais na oferta de sacrifícios”, continuou Orlev.

O deputado reconheceu que para remover o “impedimento religioso e político” de seu plano, ou seja, a presença da mesquita de Al-Aqsa e o Domo da Rocha no topo do chamado Monte do Templo, significaria que “os um bilhão de muçulmanos do mundo certamente fariam uma guerra mundial”. “No entanto”, acrescentou,” tudo que é político é temporário e não gera  estabilidade” e que “ultimamente estamos testemunhado as dramáticas mudanças políticas que ocorreram em muitos países árabes. ”

Orlev defendeu recentemente um projeto de lei para contornar o Supremo Tribunal de Justiça e proteger os edifícios construídos ilegalmente no bairro El Beit de Givat Ulpana, que foram derrubados pela Knesset em junho.

Traduzido de Times of Israel

Prime Cursos

Leia mais...


Comentários