Página Inicial » Israel

Irã planeja ataque que poderá “varrer Israel do mapa em 9 minutos”

Um assessor do aiatolá Khamenei diz que o já está tudo preparado

por Jarbas Aragão


Nos últimos anos, Irã e Israel vivem um clima tenso, de ameaças mútuas e de um ataque iminente. O Pentágono já deu indício que espera para os próximos meses uma ofensiva israelense. Um colaborador próximo de Ali Khamenei, líder supremo iraniano, disse que já o aconselhou a atacar primeiro.

Alirezza Forghani, chefe-estrategista de Khamenei, divulgou parte de um relatório em que o aiatolá afirma: “está na hora de varrer Israel do mapa”. Temendo a crescente pressão internacional para seu desarmamento, foi desenhado pelo Irã um plano de ataque arrasador.

A manobra militar duraria apenas nove minutos, atacando em primeiro lugar os distritos com elevada taxa de população. Os mísseis Shahab 3 seriam responsáveis por matar 60% da população judaica na primeira investida.

Posteriormente, seriam disparados todos os mísseis Sejil a partir de Teerã, tendo como alvo as usinas nucleares em Dimona e Nahal Sorek. Mais tarde, os mísseis iranianos seriam lançados sobre a infra-estrutura básica do Estado judeu: aeroportos, usinas de força e instalações de tratamento de água. Por fim, mísseis Ghadar seriam usados para destruir os assentamentos humanos “até que o Estado judeu seja varrido do mapa”, disse Forghani.

O Irã é um dos principais produtores de mísseis do mundo, que já foram testados com sucesso em várias ocasiões. O plano de Forghani seria uma resposta ao anúncio do Pentágono de apoiar um programa de ataque israelense.

O Centro Internacional de Estudos Estratégicos (CIEE), com sede em Washington, fez um relatório sobre a capacidade de Israel de impedir o desenvolvimento nuclear no Irã. A conclusão é clara: somente com o apoio dos EUA.

O relatório detalha que Israel teria como alvo de ataque as usinas nucleares, embora saiba que sua missão tem poucas garantias de sucesso. Trata-se de um ataque arriscado, mas se concentrará em três usinas nucleares iranianas: o Centro de Pesquisa de Isfahan, a usina de enriquecimento de urânio em Natanz, e reatores de água pesada em Arak, capazes de produzir plutônio.

O CIEE traça dois tipos de cenários possíveis. A primeira seria uma operação de combate com cerca de 90 aviões, que lançariam bombas poderosas para destruir as três usinas. A ideia básica é que a liberação de radiação poderia matar milhares de iranianos imediatamente.

A segunda opção de Tel Aviv seria usar pelo menos 42 mísseis balísticos “Jericó”. Os autores discutem também a possível reação iraniana e concordam que um contra-ataque com mísseis Shahab 3, carregados de produtos químicos, seria altamente destrutiva para Israel.

O relatório diz que um ataque israelense seria ineficaz para acabar de vez com o programa nuclear iraniano. O chefe da inteligência de Israel, Aviv Kochavi, advertiu que seu país “poderia ser atacado com 200.000 mísseis de países inimigos”.

Por outro lado, no mês passado, o jornal The Sunday Times publicou um artigo que afirmava que dois esquadrões da Força Aérea de Israel estavam realizando um treinamento para lançar uma sobre a usina de Natanz, onde Teerã enriquece urânio num bunker a cerca de 200 metros de profundidade.

O Serviço Secreto israelense (Mossad) está convencido que o Irã terá sua bomba atômica pronta em apenas dois anos e que um ataque convencional não seria suficiente para acabar com o projeto. Um dos agravantes é que o Irã tem alianças com outra potência nuclear, o Paquistão, e boas relações com a Federação da Rússia e a China. Esses aliados poderiam dispor de seu arsenal iniciando uma batalha mundial de consequências imprevisíveis.

Com informações Deia.com


Leia mais...


Comentários

Comentários

  1. Ricardo Espirito Santo

    os israelences e seu padrio americanos deveria mesmo pagar pelo que ja fez

  2. Ricardo Espirito Santo

    os israelence covardamentes mataram milhares de fracos palestinos e os americanos nem ai

  3. Ricardo Espirito Santo

    os americanos tem dois pessos e duas medidas eles nao estao preucopados com a segurança mundial e sim com seus interesses

  4. Ricardo Espirito Santo

    se israel tem bombas atomicas secretas o ira tem todo direito de possuir elas

  5. Rebento Vida

    Todos tem direito legítimo de ser uma nação nuclear, ninguém é melhor do que ninguém, por isso vocês do Irã destruam mesmo magnificamente tudo da injustiça, tudo o que vocês iranianos fizeram o Criador que também foi oprimido por esses mercenários covardes de Israel, USA e outros, os Justificará com todos os Santos Anjos Vivos da Justiça, fiquem Amados Todos os Justos encarnados ou não por Liberdade dos Soberanos Adão e a Eva que não se prostraram aos terríveis.

  6. Marcos Charles Uhlig

    Deus nunca se vinga!

  7. Rogério Monteiro

    Caramba. C nunca leu a Biblia ne. Da uma lidinha antes de falar as coisas sem ter ctz!

  8. Rafael Passos

    Graças a Deus, essa nação foi levantada definitivamente para destruir Israel. Vai ser o momento em que Deus vai se vingar de uma vez dos assassinos de Jesus Cristo. Sem Israel no mapa, o mundo vai provar a verdadeira paz e felicidade sem a presença desse povo faminto por sangue e dinheiro

  9. Higor Espindola S

    parei de ler quando vi "noticia gospel" … JESUS CRISTO HOMEM VIVE… hahahaah

  10. Gustavo Bello

    Seria uma péssima estratégia de guerra anunciar um ataque de tamanho proporção..
    mas se isso for verdade (pouco provável), mais da metade do planeta vai entrar em conflito..
    Creio que o Brasil pode escapar pela culatra, por ter tratados diplomáticos com os EUA e o Irã, ou simplesmente ser intermediador entre ambos..
    se isso acontecer, o mundo que conhecemos deixara de existir..

    vamos orar irmãos..

  11. Elias Azevedo

    Viiiixi!! Agora a poh* ficou Séria

  12. Fábio Anderson Ribeiro Sampaio

    Ezequiel 38

  13. Sérgio Alves

    " Eis que eu farei de Jerusalém um cálice de tontear para todos os povos EM REDOR "(Zc 12.2) esta profecia foi antes de existir o Corão, os iranianos usados por satanás tenta mudar o plano de Deus para Israel. " Naquele dia,estarão os seus pés sobre o monte das oliveiras, que está defronte de Jerusalém …"( Zc 14.4) NINGUÉM irá mudar o plano de Deus, louco é aquele que vê tal conflito e treme. Deus é fiel a suas promessas.

  14. Sérgio Alves

    Quem conhece um pouco da história sabe das guerras que Israel venceu. se analisar cada uma delas verás a impossibilidade de vitoria, por ser Israel uma nação pequena e cercada de inimigos, o Deus em quem EU creio é quem realiza tal providência. MUITOS não creem, respeito cada opinião pois percebo o desconhecimento Bíblico. só que o amor e o cuidado de Deus por Israel não depende da crença dos que não creem.

  15. Douglas HP Costa

    Convenhamos povo tonto, os EUA não querem saber de terra prometida, eles querem saber é de espaço estratégico, olha onde esta o petróleo, a unica forma de dominar o irã com toda aquela extenção de terra é por Israel, a Geografia da região é complexa, lembrem da Batalha dos Espartanos e Atenienses em Termoplitas, os EUA sabem que sozinhos não conseguiram conquistá-los, e o pior é que China e Russia ja se pronunciaram quanto a isto, isto é muito mais o apocalipse chegando do que o fim de Israel, mas Israel pode sim ser o começo do fim, pois p Irã é realmente muito mais forte.

  16. João Maria Soares

    Se o mr. Alma Fosse do tamanho de sua ousadia, nem Gólias era palio para ele. Incrivel como muitos pensam que Deus, o Senhor dos Israelita, deixou de ser por eles… Ah que perda de tempo srs; tanta coisa mais interessante tem pra se fazer…!

  17. Ellen Marcos Ribeiro

    vixiii agora a coisa ficou séria…