Página Inicial » Entretenimento

Justin Bieber diz que chorou durante culto neste domingo

Cantor esteve em Nova York e visitou a Igreja Hillsong NYC.

por Jarbas Aragão


O astro pop Justin Bieber, 19 anos, esteve em Nova York no último final de semana para o início da Fashion Week, onde fez uma aparição discreta no desfile do estilista Yohji Yamamoto.

Aproveitando sua estada na cidade, Bieber esteve no culto da Igreja Hillsong NYC, na sede da Irving Plaza, um local que também hospeda shows de música. A igreja aluga dois espaços na cidade, onde realiza suas reuniões. O tema da mensagem pregada domingo pelo pastor Carl Lentz era “There Goes the Neighborhood”, gíria em inglês para “quando tudo dá errado”.

“Muito amor para meu amigo @carllentzNYC pelo sermão incrível na igreja esta manhã. Te amo, cara. Chorei hoje. Obrigado”, escreveu Bieber em seu perfil no Twiter na noite de domingo, acrescentando um ícone sorridente.

Logo em seguida, postou no Instagram uma foto sua ao lado do pastor Lentz com a legenda, “Eu te amo, mano”.

Bieber já falou muitas vezes sobre sua fé cristã. Envolto em polêmicas, já disse no início deste ano: “Sou cristão, mas não sou perfeito”. Recentemente, chamou Judah Smith, da Church City de Seattle de “meu pastor”. Smith é amigo pessoal do pastor Carl Lentz, embora as igrejas não estejam ligadas.

A Hillsong NYC começou em outubro de 2010 e está ligada à igreja Hillsong “original”, em Sydney, na Austrália. Atualmente reúne cerca de 5.500 pessoas a cada culto.

Aos 34 anos, Lentz mais parece um cantor de rock, já usou o corte de cabelo “moicano”, além de ter várias tatuagens pelo corpo. Ele já foi fotografado ao lado de diversas celebridades da música e do esporte. Ele tem um grande grupo de seguidores nas redes sociais, sendo mais de 67 mil no Twitter e 60 mil no Instagram.

O site da Hillsong NYC afirma que sua missão é “atingir e influenciar o mundo através da edificação de uma grande igreja, centrada em Cristo e baseada na Bíblia, mudando mentalidades e capacitando as pessoas para liderar e impactar todas as esferas da sociedade”. Com informações The Christian Post.


Leia mais...


Comentários

Comentários

  1. Sara Alves

    Será?? Tomara!

  2. Chrystian Souza

    A igreja está orando a seu favor

    Uma alma vale mais que o mundo inteiro
    pense um pouco meu irmão em teu valor
    peça a Deus que te dê a primeira alegria
    que tu sentia quando estava no Senhor

  3. Hélio Antonio Salva Terra

    concordo com o junior, temos na biblia dois exemplos: pedro chorou mas se arrependeu e mudou suas atitudes, ja judas não mudou suas atitudes e o que aconteceu com ele? cuidado com as lagrimoas de crocodilo.

  4. Alexandra Crispim

    justin vai em frente vc está no caminho certo,deus conhece seus pensamentos,fico muito feliz .Porque através de vc muitos jovens vc irá ganhar para jesus força amigo!

  5. Glaucimara Maciel

    e logico k não somos perfeitos mas estamos em busca da perfeição diante de Deus

  6. Paulo Silva

    COM DEUS TUDO É possível al quem crer você tá no caminho certo Justin Bieber

  7. Giovanni Siciliano

    MP da Paraíba quer estender condenação à TV Correio por exibir cenas de estupro

    Redação Portal IMPRENSA | 10/09/2013 13:30

    O Ministério Público Federal na Paraíba (MPF/PB) recorreu da decisão da 3ª Vara Federal que condenou a TV Correio, afiliada da Rede Record no estado, ao pagamento de R$ 200 mil por danos morais coletivos por ter exibido, em 30 de setembro de 2011, cenas de estupro de uma adolescente na cidade de Bayeux (PB). O recurso foi unido aos autos em 6 de setembro de 2014 e tramitará perante o Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5), em Recife (PE).

    Crédito:Reprodução

    MP quer cassar concessão da emissora por ter apresentado cenas do estupro

    Segundo o Âmbito Jurídico, o MPF/PB quer que a sentença seja reformada, estendendo a condenação imposta à TV Correio. Sendo assim, pede que seja decretada a cassação da concessão da emissora para execução de serviços de radiodifusão de sons e imagens. Para o caso de não atendimento desse pedido, que seja determinada a suspensão do programa "Correio Verdade" por 15 dias, notificando-se o Ministério das Comunicações para adotar as providências necessárias.

    Caso a concessão não seja cassada, o MPF/PB pede que a emissora seja condenada a exibir, a título de contrapropaganda, no mesmo local, espaço e horário da transmissão, o programa de promoção dos direitos de crianças e adolescentes infratores e vítimas da violência, indicado pelo MPF, consultados os órgãos públicos de defesa da infância e juventude.

    No recurso, o MPF explica que “é recorrente o problema da qualidade da programação televisiva na Paraíba que, ao invés de oferecer programas de entretenimento e divulgação cultural, concentra-se em divulgar, em pleno horário do meio dia ou início da tarde, noticiários policiais sensacionalistas focados em cenas degradantes de violência e crimes sexuais”.

    O Ministério Público quer que a TV Correio e o apresentador Samuel de Paiva Henrique, sejam condenados a indenizar em R$ 500 mil a adolescente cujas cenas de estupro foram exibidas no programa “Correio Verdade”. O recurso pede também o aumento da condenação imposta por danos morais coletivos de R$ 200 mil para R$ 5 milhões a ser revertido ao Fundo Municipal de Defesa da Criança e do Adolescente dos municípios de João Pessoa e Bayeux em partes iguais.

    É solicitada ainda a imposição de multa diária em valor não inferior a R$ 20 mil para a hipótese de exibição de qualquer cena ou imagem de violência ou crimes envolvendo menores. Caso os réus não consigam arcar com o valor das indenizações previstas a título de danos morais e multa, cabe à União arcar com os valores.