Página Inicial » Mundo Cristão

Liderança de jovens da Igreja Betesda sai em defesa de Ricardo Gondim

O texto compara a luta pelos direitos civis homossexuais com a luta de Martin Luther King Jr pelos direitos dos negros

por Leiliane Roberta Lopes


A liderança do grupo de jovens da Igreja Betesda resolveu se manifestar através de um blog para defender o líder da igreja, o pastor Ricardo Gondim, das críticas que ele vem recebendo desde que declarou a uma revista que apoia a luta dos direitos civis entre homossexuais.

O texto publicado começa comparando a luta pelos direitos do grupo LGBT (Lésbiscas, Gays, Bissexuais e Transexuais) com a luta pelos direitos civis dos negros americanos na década de 50. Assim como, naquela época, os pastores brancos não queriam que os negros tivessem direitos, hoje os pastores evangélicos não querem dar direitos civis aos homossexuais.

Enquanto lá nos Estados Unidos tinha a voz de um pastor negro, defendendo os seus, o pastor Ricardo Gondim está se manifestando em favor da minoria. “Cada época tem seu argumento bíblico conveniente para oprimir as minorias,” diz o texto.

Para eles as críticas referidas ao líder da Betesda são injustiças. “Não é de hoje que os ataques acontecem, mas pioraram dramaticamente depois de sua entrevista à Carta Capital, quando se posicionou a favor de estender direitos civis aos homossexuais, garantindo-lhes o reconhecimento jurídico de união estável perante o Estado.”

O grupo questiona que a maioria das pessoas que criticam Gondim não conhece seu ministério e só estão repetindo as falas de seus líderes. “Interessante é que a maior parte de seus acusadores e perseguidores nunca leu um livro que ele escreveu, ou um artigo, uma entrevista, nunca foi à um culto na igreja Betesda (…). Apenas repete o discurso inflamado de seus líderes e pastores que vêem no livre-pensar do Gondim uma ameaça.”

De acordo com os fieis a pregação de Gondim aos domingos fala sobre todos os tópicos da fé cristã: o nascimento de Jesus, sua morte na Cruz e a salvação por meio da fé. Por isso eles afirmam que quem dizer que Gondim é uma ameaça para o evangelho é “um pretexto” para tentar calá-lo.

“O Dr. Martin Luther King Jr. também já foi acusado de herege pelos pastores poderosos de sua época – e libertou um povo oprimido, dando a eles direito à cidadania.”

Seguindo com a comparação o grupo se posiciona ao lado do fundador da igreja e diz que se ele for herege da mesma forma que Martin Luther King, Martinho Lutero, os apóstolos e a até mesmo como Jesus, então Gondim está em um excelente caminho.

“Heresia pressupõe uma verdade absoluta. Na fé cristã essa verdade é o Amor, não uma doutrina ou um dogma. Por isso não consideramos o Ricardo Gondim um herege, pois nunca o vimos relativizar a revelação que Deus é Amor. Ele é um herege apenas para quem considera alguma doutrina e lei absolutas. Mas nesse caso, King, Lutero, os apóstolos e o próprio Jesus também eram, então o Gondim está em ótima companhia, e seguindo um excelente caminho.”

Texto na íntegra aqui

Fonte: Gospel Prime


Leia mais...


Comentários