Página Inicial » Brasil

Marco Feliciano pede fim de patrocínios ao Porta dos Fundos

O vídeo divulgado no Natal ofendeu cristãos católicos e evangélicos e uma representação criminal foi aberta contra os humoristas.

por Leiliane Roberta Lopes


O deputado federal pastor Marco Feliciano (PSC-SP) enviou uma carta aberta à FIESP (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo) solicitando que eles reavaliem o patrocínio dado ao canal Porta dos Fundos.

O texto foi endereçado ao presidente da instituição, o doutor Paulo Skaf, para que ele entenda que os vídeos do referido canal estão “achincalhando” a fé cristã.

“Aproveito para, encarecidamente, pedir a v. Sa. e seus representados, que reflitam sobre o patrocínio que estão proporcionando ao site chamado de “Porta dos Fundos” que, reiteradamente, vem através de seus vídeos, que alegam proporcionar humor aos seus espectadores e nada mais fazem do que achincalhar as pessoas como nós que professamos a fé cristã.”

Feliciano escreve que muitos vídeos já desrespeitaram os cristãos, mas que no “especial de fim de ano” o grupo de humoristas “colocou atores como personagens da Sagrada Família, de forma esdrúxula, vociferando palavrões totalmente desnecessários”.

A FIESP foi procurada pelo parlamentar pois em um artigo escrito para o jornal Folha de São Paulo um dos integrantes do Porta dos Fundos, Gregório Duvivier, cita os anunciantes do canal em resposta a uma crítica do Arcebispo de São Paulo Dom Odilo Scherer.

O pedido do deputado evangélico é para que os donos de indústrias que anunciam no Youtube reavaliem esses patrocínios que “entregam fortunas” nas mãos dos humoristas. Vale lembrar que além de lideranças evangélicas, o vídeo especial de Natal do Porta dos Fundos também foi criticado por lideranças católicas.

Um missionário católico chegou a se pronunciar pedindo para que os fiéis denunciem o vídeo de Natal para a Polícia Federal e a Associação Nacional Pró-Vida e Pró-Família abriu uma representação criminal contra os humoristas no Ministério Público Estadual do Rio de Janeiro (MPE-RJ).

Leia na íntegra:

carta aberta de marco feliciano Marco Feliciano pede fim de patrocínios ao Porta dos Fundos

 


Leia mais...


Comentários