Página Inicial » Brasil

Pastor do ES investigado por fraude na Igreja Maranata morre no PR

Júlio Cesar e outras três pessoas estavam no carro que capotou em uma rodovia estadual próximo a cidade de Marechal Cândido Rondon.

por Leiliane Roberta Lopes


O pastor Júlio César Viana, da Igreja Cristã Maranata do Espírito Santo, faleceu no último domingo (28) depois de se envolver em um grave acidente de carro em uma rodovia estadual do Paraná. Ele era um dos investigados no esquema de desvio de dinheiro que vem sendo investigado pelo Ministério Público Federal desde o começo deste ano.

De acordo com o G1, o pastor Júlio estava dirigindo o veículo saindo da cidade de Marechal Cândido Rondon seguindo para Curvado, ambas cidades do estado do Paraná, quando ele perdeu o controle em uma curva, saiu da pista, capotou e acabou caindo em um barranco às margens da rodovia PR-467.

Júlio César ficou preso das ferragens e morreu no local. No carro estavam também outras três pessoas que tiveram ferimentos leves e foram encaminhadas para um hospital de Marechal Cândido Rondon.

O sepultamento do pastor aconteceu na segunda-feira (29) no Paraná, segundo informou o advogado da família ao G1. O profissional foi questionado sobre o andamento do processo sobre o esquema de desvio de dízimo, mas o advogado disse que não tinha informações sobre o caso.

O pastor morto neste domingo era um dos três pastores da Igreja Maranata que foram processados por ex-membros, para explicar o desvio de mais de R$2 milhões. O contador da igreja também está sendo processado.

Assista reportagem da TV Globo:
[globo code="2217913"]


Leia mais...


Comentários