Página Inicial » Brasil

Pastor Marcos Pereira é acusado de estupro por ex-mulher

O líder da ADUD teria forçado uma relação sexual com ela enquanto eles ainda estavam casados

por Leiliane Roberta Lopes


Mais uma acusação foi feita contra o pastor Marcos Pereira, da Assembleia de Deus dos Santos dos Últimos Dias, dessa vez foi sua ex-esposa, Ana Madureira da Silva, de 58 anos, que afirma ter sido abusada sexualmente por ele quando ainda eram casados.

Em seu depoimento para a polícia ela conta que em uma ocasião Pereira “entrou em casa, trancou as portas e fez sexo à força” com ela. Eles se casaram 1989 e ficaram juntos até 1998, o casal teve dois filhos.

Ana Madureira conta que no início do casamento eles não eram convertidos, isso só veio acontecer cinco anos depois quando o casal passou a frequentar cultos e logo em seguida Pereira resolveu criar um “ponto de pregação” em casa.

Ela também testemunha que teve uma visão, um anjo teria avisado que ela seria abusada pelo esposo para que engravidasse. O mesmo mensageiro também trouxe o recado de que depois de grávida ela seria acusada de adultério. Essa nova acusação foi inserida do inquérito que conta com acusações do coordenador do Afroreggae, José Júnior, que liga o fundador da ADUD com criminosos do Rio de Janeiro.

As informações dessa nova denúncia foram dadas pelo jornal EXTRA que tentou falar tanto com a ex-esposa do pastor Marcos Pereira como com ele para que comentassem essas novas acusações, mas nenhum dos dois aceitaram falar com a reportagem do diário carioca.

O advogado do líder religioso, Sérgio Júnior, falou com a reportagem do EXTRA dizendo que ainda não teve acesso aos autos dessa nova acusação, mas que a justiça vai conseguir provar a inocência de Marcos Pereira. “A Justiça será feita e a inocência do meu cliente será provada. A verdade é a vida, Aleluia!”

O caso está sendo investigado pela Delegacia de Combate às Drogas (Dcod), mas a delegada Valéria Aragão vai encaminhar a denúncia da ex-esposa do pastor para as Delegacias de Atendimento à Mulher (Deam) já que o inquérito aberto com as acusações de José Júnior tem como objetivo apurar se há ligações entre o líder religioso e o tráfico de drogas.