Página Inicial » Mundo Cristão

Solteiros evangélicos praticam sexo com quase a mesma frequência que os não-cristãos, diz revista americana

No Brasil uma pesquisa recente mostra que mais da metade dos solteiros cristãos também mantém uma vida sexual ativa

por Leiliane Roberta Lopes


A revista evangélica americana Relevant divulgou uma reportagem apontando que muitos evangélicos solteiros mantêm relações sexuais antes do casamento com a mesma frequência que os jovens não-cristãos.

Com o título de “(Quase) Todo mundo está esperando” o texto cita vários estudos que analisam a atividade sexual dos jovens evangélicos dos Estados Unidos. Um deles chama a atenção ao mostrar que 80% dos solteiros evangélicos entre 18 e 29 anos afirmaram que já tiveram relações sexuais. Quase o mesmo percentual que os 88% de solteiros adultos não evangélicos.

Esses dados fazem parte de um estudo de dezembro 2009, realizado pela Campanha Nacional de Prevenção à Gravidez adolescente e não planejada, que incluía informações sobre a atividade sexual, mas mesmo sem ter o foco na questão religiosa a pesquisa mostro pouca diferença entre os cristão e não-cristão em relação a frequência de prática sexual.

A matéria diz ainda que as possíveis respostas para que os solteiros cristãos desistam de esperar até o casamento pode ser a cultura popular, a prevalência da pornografia e a popular filosofia de vida “faça tudo o que lhe fizer bem”.

A Relevant fala também que antigamente as pessoas se casam mais cedo, mas hoje é possível encontrar cristãos que continuam solteiros com 30 ou até 40 anos. “Sociologicamente falando, a grande diferença – ela é monstruosa – entre o ensino bíblico e a nossa cultura é que os casamentos eram arranjados quando as pessoas eram muito jovens. Se você se casar quando tiver 13 anos não precisará passar por 15 anos de tentação”, disse Scott McKnight, co-autor do livro “O Credo de Jesus”, para a revista.

No Brasil os números são parecidos

A segunda etapa da pesquisa realizada no Brasil pelo BEPEC – Bureau de Pesquisa e Estatística Cristã chamada de “O Crente e o Sexo” mostrou que entre os jovens brasileiros também não estão muito envolvidos nas campanhas que pregam sexo só depois do casamento.

O estudo recebeu 6.721 respostas de evangélicos solteiros de diversas denominações e concluiu que 66,13% deles já praticaram sexo. O número é menor quando separado por idade, entre os evangélicos com idade entre 16 e 24 apenas 40,25% já praticaram sexo.

Interessante notar que nesta pesquisa, 54,57% afirmam que a prática sexual ocorreu depois da conversão e 45,43% responderam que não eram mais virgens quando se tornaram evangélicos. De acordo com essa pesquisa, 64,58% continuaram a manter relações sexuais mesmo depois da conversão.

Com informações Pavablog


Leia mais...


Comentários