Página Inicial » Internacional

Filme “A inocência dos muçulmanos” chama islã de “câncer”

Filme que provoca manifestações anti-EUA mostra Maomé caricato

por Leiliane Roberta Lopes


Um filme que relata o Islã como um “câncer” tem gerado diversos protestos contra os Estados Unidos no Egito, na Líbia e em outros países muçulmanos. O longa intitulado de “Innocence of Muslims” (“A inocência dos muçulmanos”) mostra Maomé caricato causando ainda mais revolta entre os fiéis.

A obra foi produzida por Sam Bacile, 54 anos, um israelense-americano nativo do estado da Califórnia. Para o cineasta o Islã é “uma religião do ódio” e sua opinião está fortemente retratada no filme.

Na Líbia um dos protestos anti-americanos resultou na morte do embaixador dos Estados Unidos, Chris Stevens, quando na noite da última terça-feira (11) homens armados invadiram o consulado matando também outros três americanos.

A inocencia do islamismo Filme A inocência dos muçulmanos chama islã de câncer

Cena de “A inocência dos muçulmanos”.

Os protestos assustam as embaixadas americanas no Oriente Médio. No Cairo uma nova manifestação aconteceu nesta quarta-feira (12) e o governo passa a reforçar a segurança em Nova Iorque temendo que ataques como os de 11 de setembro de 2001 voltem a acontecer.

Assista reportagem da Globo:
[globo code="2134885"]

Assistir o filme “A Inocência dos Muçulmanos”:


Leia mais...


Comentários