MENU

Mais de 200 foguetes são lançados contra Israel da Faixa de Gaza

Reação das Forças de Defesa de Israel gera críticas de vários países


Domo de Ferro de Israel
Sistema anti-míssil de Israel. (Foto: Yonatan Sindel / Flash90)

Nas últimas 48 horas, mais de 200 foguetes e morteiros foram lançados de Gaza contra Israel. A Cúpula de Ferro, um dos sistemas de defesa não conseguiu interceptar a todos. Berseba, a maior cidade do sul do país, foi o local mais atingido, mas a maior parte das bombas caiu sobre áreas não habitadas.

Segundo as autoridades, há oito feridos entre os israelenses, enquanto duas pessoas morreram do lado palestino. A mídia de Israel noticiou que a possibilidade de uma guerra foi considerada. Após Forças de Defesa de Israel (IDF) iniciarem a reação, atingindo cerca de 150 instalações do Hamas, grupo terrorista que controla a Faixa de Gaza.

Leia mais

Há meses que as tensões na fronteira continuam crescendo, fazendo com que as Nações Unidas tenham criticado o uso de “força excessiva” do lado israelense.

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, convocou o gabinete de segurança para discutir situação, e “instruiu o IDF a continuar a agir com força contra os terroristas”.

A TV Canal 10 de Israel, citando fontes diplomáticas, disse que o acordo foi negociado pelo enviado do Egito e das Nações Unidas para a paz no Oriente Médio, Nickolay Mladenov. Ele alertou que “a situação pode se deteriorar rapidamente, com consequências devastadoras para todos”.



Assuntos: , ,


Deixe sua opinião!