Aécio promete combate à corrupção e parceria com igrejas em ato evangélico

Evento não constava na agenda oficial do candidato


Aécio participa de ato evangélico com mais de 300 pastores

Embora tenha decidido não usar a imagem de lideranças evangélicas na TV, o candidato Aécio Neves (PSDB), esteve em um encontro com lideranças evangélicas em São Paulo. Na manhã desta quarta (15), ele recebeu representantes de diferentes denominações evangélicas.



O evento não foi divulgado em sua agenda de campanha. Além do governador Geraldo Alckmin e do senador eleito José Serra, estavam presentes Pastor Everaldo (que concorreu à Presidência pelo PSC), o deputado federal reeleito Marco Feliciano, Jabes de Alencar, Cesar Augusto e Valnice Milhomens. Ao todo, eram cerca de 300 pastores.

Aécio participou do período de orações e, ao discursar, se comprometeu a realizar parcerias com as igrejas evangélicas em projeto sociais. Reforçou também que o combate à corrupção será a principal bandeira do seu governo e que assumiu um “compromisso com a moralidade e com a educação”. Segundo as pesquisas, Aécio tem preferência entre os eleitores evangélicos.


  Programa que ensina a Bíblia vira febre na Internet


Gráfico - Votos por religião (Aécio e Dilma)



Ao receber o microfone, Pastor Everaldo, que serviu como mestre de cerimônias, pediu aos presentes que se empenhem na campanha do tucano e explicou: “Ninguém tratou de assuntos como aborto e casamento gay porque essas são pautas do Congresso”.

Por sua vez, Marco Feliciano escreveu em sua conta no Facebook: “Eu disse ao futuro Presidente: Conte com o voto dos brasileiros e com a oração da igreja neste momento histórico e se prepare para enfrentar a fúrias dos derrotados e seu aparelhamento infernal”. Com informações de Folha de SP




Deixe seu comentário!