Almejando o Senado, Marco Feliciano afirma: “Podemos mudar o Brasil”

Deputado está de saída do PSC, devendo se filiar ao Podemos


Almejando o Senado, Marco Feliciano afirma: "Podemos mudar o Brasil"

Após a saída de Jair Bolsonaro, que foi para o Patriota (ex-PEN), agora é Marco Feliciano que deve abandonar o PSC. Após quase oito anos como deputado federal pelo partido, ele deve se juntar ao Podemos (ex-PTN).

Um dos motivos para essa mudança é seu desejo de disputar uma vaga no Senado e a nova sigla lhe ofereceria “melhores condições”.

Atualmente, o Podemos conta com 16 deputados, cinco a mais que o PSC. Portanto, tem direito a mais tempo de TV e recursos advindos do Fundo Partidário. Até o momento a sigla não confirmou que irá lançar Feliciano ao Senado por São Paulo. Em 2014, o pastor foi o terceiro deputado mais votado no estado, com cerca de 400 mil votos.

Anteriormente foi noticiado que Feliciano procurava uma nova legenda. Chegou a conversar com o PTB de Roberto Jefferson, que tem 22 deputados na Câmara. Mas agora sua assessoria confirma que ele pode fechar com o Podemos.

“O deputado entende toda essa movimentação social da sociedade como um todo como um chamado divino à mudança, e como fiel que é só compete a ele segui-lo. E o Podemos ofereceu ampla possibilidade de debate e negociações”, afirmou a equipe de comunicação do parlamentar ao Estado de São Paulo.

Ao falar sobre a possibilidade de disputar Senado, a resposta foi enigmática: “Ele anseia, sim, por novos desafios”.

Procurado pelo portal Gospel Prime, o deputado disse: “Terminou um ciclo. Inicia outro. Podemos mudar o Brasil”, numa menção ao lema da sua nova casa no Congresso.




Deixe seu comentário!