14/11/2012 - 16:21

Associação de Juristas Evangélicos nasce para defender os direitos humanos

Formada por juristas de diversos estados brasileiros a ANAJURE pretende participar de projetos importantes para a democracia do país.


Associação de Juristas Evangélicos nasce para defender os direitos humanos Associação de Juristas Evangélicos nasce para defender os direitos humanos

Com o objetivo de defender os direitos humanos fundamentais e lutar contra a violação desses direitos surge a Associação Nacional de Juristas Evangélicos (ANAJURE) que já conta com juristas de 15 Estados brasileiros.

O presidente da associação, Dr. Uziel Santana, já ressalta que entre os trabalhos da ANAJURE estará a participação desses juristas em debates importantes como a reforma do Código Penal e o PL 122/2006.

“Nossa missão maior consiste na defesa das Liberdades Civis Fundamentais, em especial, da Liberdade Religiosa e de Expressão, e na promoção dos Deveres e Direitos Humanos Fundamentais, em especial, o Princípio da Dignidade da Pessoa Humana”, diz.

Para os juristas evangélicos que fazem parte desta associação, tais projetos vão de encontro com certas liberdades e garantias fundamentais e por isso enfrentarão resistência por parte de seus associados.

A ANAJURE será lançada oficialmente no dia 29 de novembro no auditório Freitas Nobre, na Câmara dos Deputados, em Brasília. Entre os participantes confirmados está o chanceler da Universidade Presbiteriana Mackenzie, Dr. Augustus Nicodemus, além de outros convidados especiais.

A associação terá sede na cidade de Campina Grande (PB), escritório nacional em Brasília e algumas sedes regionais em outros estados. Para 2013 já está programado o I Encontro Nacional de Juristas Evangélicos – I ENAJURE que vai acontecer durante o 15º Encontro para a Consciência Cristã.

Para saber mais sobre a Associação Nacional de Juristas Evangélicos acesse o site www.anajure.org.br.