Ex-jogador supera tumor com fé: “Chamado de Deus para eu ficar mais perto Dele”

"Eu sou um cara de muita fé, sou cristão e isso me ajudou muito em todo o processo de recuperação.", sobre câncer diz jogador.


Ex-jogador supera tumor com ajuda de Deus

O ex-jogador André Luiz (42) mesmo longe dos gramados teve uma grande conquista, a vitória pela vida. Em abril ele havia realizado uma cirurgia para a retirada de um tumor na cabeça, e há alguns dias encerrou as sessões de radioterapia no Hospital Albert Einstein, em São Paulo.

Ele relatou ao Extra como foi à descoberta, tratamento e cura da doença. Em março, quando foi pentear o cabelo, André percebeu um carocinho em baixo da orelha. Era o tumor, descobriu ele após consultar os médicos do San Jose Earthquakes, clube no qual trabalhava nos Estados Unidos como técnico das divisões de base.

Luiz acreditava que por ser atleta e não ter vícios, não tinha razão para desenvolver o tumor. Na hora que percebeu a sua existência sofreu um abalo emocional muito grande. “Mas eu sou um cara de muita fé, sou cristão e isso me ajudou muito em todo o processo de recuperação. Deus me preencheu de uma forma tão boa que eu na verdade fiquei muito tranquilo. Parecia que eu não tinha nada, não doía”, comentou.


  Psicólogo ajuda cristãos a vencer o vício da pornografia


Após achar o câncer ele ligou para o médico Joaquim Grava, do Corinthians, que o aconselhou a voltar para o Brasil para se tratar. Ao chegar a São Paulo, com o apoio dos familiares, deu início ao tratamento, passou pela cirurgia e, após todas as sessões de radioterapia, o ex-lateral pode dizer hoje que está recuperado.

O esportista encontrou na família forças para superar todos os obstáculos. “Minha esposa foi o anjo que Deus preparou para mim. Acredito que os familiares sofram até mais que a gente. Mas todos viram a paz que eu estava. A boa energia. Então deu tudo certo”, disse.

O tumor foi descoberto em seu estágio inicial.  “Acho que foi mais um susto. Agradeço a Deus por ter passado por isso. Acho que foi um chamado de Deus para eu ficar mais perto dele”, destacou o ex-jogador.

André ainda lembrou-se da situação do também ex-jogador Gilmar Fubá, que sofreu nos últimos meses de um câncer na medula óssea. O câncer dele “estava em estágio avançado quando descobriram. E não foi só um, foram dois. Graças a Deus, ele se recuperou. Sempre foi um cara pra cima, fiquei muito feliz”, concluiu.




Deixe seu comentário!