MENU

Após agredir mulher, Naldo faz retiro espiritual

Cantor vai ficar na Estância Paraíso, ministério da Igreja Batista da Lagoinha


Naldo Benny e Mulher Moranguinho
Naldo Benny e Mulher Moranguinho

Após ser acusado de agressão pela mulher, Ellen Cardoso, mais conhecida como “Mulher Moranguinho”, o cantor Naldo Benny foi preso por posse ilegal de arma e lesão corporal, ameaça e injúria contra Ellen, segundo informações da Polícia Civil.

No momento da prisão, ele estava em casa, no Rio de Janeiro. Como portava uma pistola calibre .765 e quatro munições, foi levado para a Delegacia de Atendimento à Mulher, após a esposa prestar queixa de violência doméstica. Segundo a dançarina, no sábado (2/12), durante uma briga do casal, ele a agrediu com socos, chutes e puxões de cabelo. Ele foi ouvido, pagou fiança e acabou liberado.

À imprensa, Naldo afirmou: “Quero pedir perdão a minha mulher. E dizer que vou lutar pela minha família. Estou extremamente destruído, arrependido, quebrado, machucado, completamente machucado, completamente arrasado, por tudo o que aconteceu”. Também divulgou um vídeo em suas redes sociais, afirmando que cria em Jesus e iria procurar ajuda.

Cerca de dez dias depois do ocorrido, Naldo optou em fazer um retiro espiritual em Belo Horizonte, na Estância Paraíso, da Igreja Batista da Lagoinha. Recentemente, quem passou por ali foi a cantora Daniela Araújo. Segundo ela, o local dedica-se a ajudar pessoas que precisam de apoio espiritual.

O pastor da Assembleia de Deus de Bonsucesso, igreja da Zona Norte do Rio, que era frequentada por Naldo Benny desde antes da fama, Jaime Soares disse que as visitas do cantor eram esporádicas. A última vez que esteve no local, foi em 18 de maio de 2015 para, ao lado da mulher, apresentar a filha do casal a Deus. Com informações de UAI

 



Assuntos:


Deixe seu comentário!


Mais notícias