Após orar, Sarah Palin desiste de se candidatar à presidência dos EUA

Ela disse que servir a Deus está em primeiro lugar e que sua família também teve participação nessa decisão


Após orar, Sarah Palin desiste de se candidatar à presidência dos EUA

A ex-governadora do Alasca, Sarah Palin, enviou uma carta dizendo que depois de orar decidiu não se candidatar à presidência dos Estados Unidos em 2012. A republicana que é cristã achou melhor adiar esse projeto.

“Depois de muita oração e sérias considerações, eu decidi que não vou buscar a indicação do Partido Republicano para presidente dos Estados Unidos em 2012”, escreveu Palin.



Sobre as prioridades de sua vida, Sarah disse que servir a Deus está em primeiro lugar. “Como sempre, minha família vem primeiro e, obviamente, considerei ela grandemente antes de tomar essa decisão. Quando servimos a Deus, nos dedicamos primeiramente ao Senhor, à família e ao país. Minha decisão mantém essa ordem.”

Palin disse também que será mais útil exercendo outros papéis junto aos republicanos. “Acredito que neste momento eu posso ser mais eficaz em um papel decisivo para ajudar a eleger outros verdadeiros servidores públicos para cargos governamentais do país, para as cadeiras do Congresso e até da presidência”.




Deixe seu comentário!