Ativistas LGBT comemoram criação de “faixas de segurança inclusivas”

Várias cidades dos EUA aprovaram ideia, para promover diversidade


Ativistas LGBT comemoram criação de "faixas de segurança inclusivas"

Várias cidades dos EUA aprovaram recentemente a criação de faixas de segurança com as cores de arco-íris para comemorar o “orgulho LGBTQ”. Agora, grupos de ativistas homossexuais estão fazendo petições públicas para solicitar que mais cidades troquem o tradicional branco pelas listas multicoloridas, que promovam “diversidade”.

Houston, no Texas, Atlanta, na Geórgia e a capital Washington foram as primeiras a oficializar essas faixas com arco-íris para coincidir com os eventos do “mês do orgulho gay”, comemorado em junho.



Por enquanto, Atlanta foi a única a anunciar que elas serão permanentes. “Acredito que os símbolos da unidade são importantes”, disse o prefeito Kasim Reed em um comunicado.

“Em reconhecimento às contribuições contínuas da comunidade LGBT de Atlanta para nossa cidade, tenho o prazer de anunciar que a cidade manterá a faixa com o arco-íris na intersecção da Avenida Piedmont e da Rua 10 durante todo o ano. Nunca devemos esquecer que o amor derrota o ódio e a luz derrota a escuridão”, assegurou.

Em Houston, amigos de um homem gay que foi atropelado no cruzamento da Westheimer Road com a Taft Street pediram permissão para pintar a rua com as listras do arco-íris. “A ideia por trás da faixa de segurança também é homenagear o apoio e a amizade encontrados na comunidade LGBT de Houston”, disse Matthew Brollier, um dos líderes da iniciativa.



Ele disse ainda que “Nossa esperança é que ela sirva como encorajamento para todos os cidadãos e visitantes reconhecerem esta cidade como um lugar acolhedor, aberto a todas as pessoas, e que comemora sua diversidade”.

Em Washington, D.C., o Departamento de Transportes aprovou um pedido dos organizadores da marcha Gay que ocorrerá este mês na cidade para pintarem as faixas de um cruzamento com as cores do arco-íris.



Grupos que defendem os direitos dos homossexuais querem autorização para a criação de “faixas inclusivas” em cidades como Nova York, Chicago e Fort Lauderdale como uma “demonstração de solidariedade com os moradores homossexuais”.

Obviamente, nem todos pensam que essas faixas de segurança são uma boa ideia. Há quem reclame que esta é uma maneira de “celebrar abertamente e desavergonhadamente o pecado”.

“É isso o que seus impostos pagam? Quando o Senhor vier, não há arco-íris no inferno”, afirmou um comentarista em uma das petições. Com informações Christian News




Deixe seu comentário!