MENU

Autor lança versão reduzida da Bíblia, que pode ser lida em uma hora

Philip Law acredita que falta de tempo não deveria ser desculpa para não se ler as Escrituras


Lendo a Bíblia
Lendo a Bíblia

Composta por 66 livros, a Bíblia é a base para a fé cristã. Contudo, para ler todo o livro são necessárias aproximadamente 80 horas. Por exemplo, se uma pessoa ler 6 capítulos por dia, utilizando 40 minutos diários de seu tempo, levará 6 meses.

Agora, Philip Law da missão literária SPCK, está lançando “A Bíblia de Uma Hora – De Adão a Apocalipse em 60 Minutos”. Ainda não há previsão para seu lançamento em português, mas o autor aposta que sua obra irá atrair pessoas que dizem não ler as Escrituras por falta de tempo.

Leia mais

Law explica que fazer uma seleção das “principais narrativas” foi difícil. Como o nome da obra indica, o objetivo é que seja possível ler tudo em apenas uma hora.

“Um dos critérios era se a história, o caráter ou o tema selecionado ajudariam o leitor a se conectar com Deus e conhecer como o Senhor alcançou o mundo para curá-lo e redimi-lo. E um terceiro fator foi juntar essas histórias, personagens e temas, reunindo-os em uma narrativa contínua para mostrar o quadro maior”, explica.

Ficaram de fora grandes partes sobre a Lei e a história dos reis de Israel. Segundo o autor, o relato do Novo Testamento procurou destacar “os elementos mais distintivos do ministério e os ensinamentos de Jesus”.

Ele sabe que sofrerá críticas por ter mexido em algo que é sagrado para cristãos do mundo todo, mas se justifica: “Logo na introdução eu tento deixar claro que não pretendo oferecer um substituto para a Bíblia, mas uma maneira de encorajar as pessoas a começarem a ler”.

Diz ainda que não acredita que algumas partes da Bíblia sejam “menos valiosas” que outras. “Apenas não acho que tudo o que está escrito no Antigo Testamento mereça a mesma atenção para quem vive nos dias de hoje. No Novo Testamento, a Carta aos Hebreus explica como o sistema sacrificial judaico, detalhado em Levítico, aponta para o sacrifício feito ‘de uma vez por todas’ por Jesus”.

Para Law, o único objetivo de sua obra era revelar aos que dizem ter pouco tempo para as Escrituras. “Queria apresentar às pessoas o centro do Cristianismo – a Palavra que se fez carne – e estimular as pessoas a descobrirem mais sozinhas”, encerra. Com informações Christian Today

 



Assuntos:


Deixe sua opinião!

Mais notícias