3/08/2015 - 19:35

Teorias apontam arrebatamento em setembro de 2015

Especialistas apontam ameaça de asteroide, luas de sangue e outros sinais do céu


Teorias apontam arrebatamento em setembro de 2015 Aviso sobre arrebatamento em 2015 assusta população

Os Estados Unidos são pródigos em especular sobre o final dos tempos. Contudo, existe uma série de fatores que estão convergindo para o mês de setembro deste ano.

Segundo informações do UOL, o fato é que o Exército dos EUA tem praticado exercícios visando a preparação caso um asteroide colida com a Terra. Foi oficialmente divulgado que um grande treinamento militar chamado “Jade Helm” será realizado em vários estados americanos. Serão milhares de soldados participantes, mas não foi divulgado a sua finalidade.

A hipótese de um meteoro estar se aproximando veio do conhecido blogueiro do site Whistleblower800. Ele afirma que o “Jade Helm” nada mais é que uma “apólice de seguro”.

“Se chegarmos até o outono, este terá sido apenas um exercício de treinamento. Se não, teremos tropas de prontidão para lidar com o que seria pandemônio e caos. Os militares vão atirar em nós, porque seremos vistos como tolos que se recusam a aceitar os sacrifícios necessários para salvar o nosso planeta”, escreveu.

O movimento chamado sobrevivalistas – pessoas que se preparam para sobreviver ao fim do mundo – tem esgotado os estoques de sites dedicados a vender comida desidratada de longa duração.

Ao mesmo tempo, até mesmo a grande mídia tem dado atenção para o que dizem diferentes teóricos bíblicos. Sem ligação direta com a chegada de um asteroide, eles apontam para um “grande evento” no mês de setembro. Há quem acredite que poderá ser o arrebatamento e o início da grande tribulação de sete anos. Obviamente a mídia não entende as questões teológicas, mas surpreende o fato de divulgar essa possibilidade.

Existem várias teorias sendo levantadas. Inegavelmente o mês será marcado pela provável decisão da ONU de dividir o território de Israel (inclusive Jerusalém), formalizando o estado da Palestina.

A maioria dos analistas apontam para os sinais nos céus que tem surgido com uma intensidade sem precedente nos últimos meses. Por exemplo, foi visto em Israel, no dia 30 de junho, uma conjunção de astros celestes durante a noite que seria igual ao fenômeno da “estrela de Belém”, que alertou sobre a vinda de Jesus.

O rabino messiânico Jonathan Cahn, autor de livros sobre profecia bíblica na perspectiva do judaísmo, tem alertado para o chamado “Mistério do Shemitá”. Ele não gosta de afirmar que será o arrebatamento, mas mostra que existe um padrão bíblico de acontecimentos no calendário estabelecido por Deus para o seu povo, que é lunar.

No dia 29 do mês de Elul, em ciclos de sete anos, que deveriam marcar o ano sabático da terra, tem havido grandes colapsos econômicos. Elul cai entre setembro e outubro no calendário ocidental.

Para Cahn e outras dezenas de estudiosos, foi no dia 29 de Elul, chamado na Bíblia de “dia da libertação” que ocorreram os maiores crashes do mercado financeiro mundial. Isso ficou evidenciado claramente em 2001 e 2008.

O próximo deve ser perto de 13 de setembro de 2015. Ele marca a véspera da Festa das Trombetas, também conhecida como Rosh Hashanah.

Não por coincidência, estamos em meio a um período incomum de eventos celestes, incluindo eclipses solares e lunares. São 4 “luas de sangue” tomando os céus de Israel , o que remete a uma série de profecias.

O principal fator é que em 2015, está previsto um eclipse justamente no dia 29 de Elul. A conexão imediata é com Joel 2: 30-31: “E eu mostrarei prodígios no céu e na terra, sangue e fogo, e colunas de fumaça. O sol se converterá em trevas, e a lua em sangue, antes do grande e terrível dia do Senhor virá. “

Os estudiosos apontem que este ano ainda ocorrerão:

– Eclipse solar parcial (13 de setembro de 2015) – Festa das trombetas no calendário de Israel e 7 º aniversário desde a última grande queda do mercado

– Quarta Lua de Sangue (28 de setembro de 2015) – Um eclipse lunar que será justamente uma superlua. A lua nunca esteve tão próxima da Terra. Esse evento ocorrerá durante a Festa dos Tabernáculos (Sukkot).

– Virgem vestida de Sol (23 setembro de 2017) – 50º aniversário da reconquista de Jerusalém (Jubileu). Brilho extraordinários da constelação de Virgem, seria uma lembrança da Profecia de Apocalipse 12.

Entenda melhor assistindo ao vídeo abaixo: