MENU

“Bancada evangélica irá ampliar as atividades”, garante assessora da FPE

Conheça quem sai e quem fica nos próximos quatro anos


Frente Parlamentar Evangélica
Frente Parlamentar Evangélica. (Foto: Divulgação)

Após a divulgação dos resultados da eleição no último domingo (7), ficou evidenciada uma grande novação no Congresso Nacional. Cerca de 55% das vagas na Câmara dos Deputados para a próxima legislatura serão ocupadas por novos nomes. No Senado a mudança chegou a 85%.

A composição da Frente Parlamentar Evangélica (FPE) também sofrerá uma alteração drástica, uma vez que apenas 45% dos seus membros ativos foram reeleitos.

Leia mais

A Coordenador Jurídica do bloco suprapartidário, doutora Lia Noleto, conversou com o Gospel Prime sobre as perspectivas para o futuro imediato da bancada.

Ampliar a atuação

“A bancada evangélica vai continuar suas atividades e amplia-las, certamente com as defesas da pauta em favor da vida e da família”, garante a assessora parlamentar.

Ela acredita que a renovação da composição da FPE seguiu o que ocorreu no do Congresso Nacional como um todo. “Isso foi visto também na bancada evangélica, mas certamente a representatividade será mantida. Teremos novos participantes. Na minha opinião, muitos da bancada não foram eleitos por conta do desejo por renovação que alcançou todos os segmentos da sociedade brasileira”, destaca, lembrando que alguns dos atuais membros optaram por concorrer a deputado estadual ou a senador.

 

Imagem: Arquivo pessoal

Congresso mais conservador

Conforme os analistas, a nova composição do Congresso nacional será a mais conservadora desde a redemocratização. Isso poderia esvaziar as pautas específicas da bancada, em especial se Jair Bolsonaro (PSL) for eleito, pois ele tem um histórico de defesa da vida e da família tradicional.

“O fato da a composição do Congresso nacional ser mais conservadora reflete um anseio social da população brasileira. Mesmo assim, não entendo que haverá um esvaziamento das pautas tradicionais, muito pelo contrário. O embate entre os segmentos sociais não vai deixar de existir no Congresso”, assegura.

“Teremos espaço para debater assuntos do interesse da bancada como o Estatuto do nascituro, a PEC da Vida etc. Será um bom momento para firmarmos os direitos e as garantias da família como núcleo primeiro da sociedade.”

Apoio no Segundo Turno

Na véspera do primeiro turno, a bancada evangélica emitiu uma nota oficial em apoio a Bolsonaro, mesmo que parte de seus membros estivessem apoiando outros candidatos. Noleto garante que o apoio se mantém para o segundo turno e que isso não gerou divisão.

“Todos as decisões da nossa Frente Parlamentar são adotadas com deliberação dos parlamentares. Busca-se sempre o consenso, mas quando não é possível se submete ao voto. Esse posicionamento político não irá gerar divisão”, explica.

Quem sai e quem fica

Uma lista oficial da FPE foi divulgada, mostrando quem sai e quem fica. Ela não inclui possíveis novos membros, uma vez que isso será decidido apenas em fevereiro de 2019, quando todos os parlamentares estiverem empossados.

Membros reeleitos:
Aguinaldo Ribeiro
Alan Rick
Alexandre Serfiotis
Altineu Cortes
André Abdon
Arolde de Oliveira (agora Senador)
Aureo
Benedita da Silva
Bruna Furlan
Carlos Gomes
Carlos Henrique Gaguim
Eduardo Bolsonaro
Geovania de Sá
Gilberto Nascimento
Jefferson Campos
JHC
Jonathan de Jesus
João Campos
Jose Medeiros
Laercio Oliveira
Lincoln Portela
Lucio Mosquini
Marcelo Álvaro
Márcio Marinho
Marcos Rogério (agora Senador)
Onyx Lorenzoni
Pastor Eurico
Paulo Freire
Pr. Marco Feliciano
Roberto Alves
Roberto de Lucena
Rosangela Gomes
Sergio Brito
Sergio Vidigal
Sheridan
Silas Câmara
Sóstenes Cavalcante
Stefano Aguiar
Toninho Wandscheeer
Vinicius Carvalho

Não se reelegeram:
Antônio Bulhões
Antônio Jacome
Cabo Sabino
Carlos Andrade
Carlos Manato
Celso Jacob
Delegado Francischini (estadual)
Edmar Arruda
Eduardo Lopes
Elizeu Dionizio
Eliziane Gama
Erivelton Santana
Ezequiel Teixeira
Fabio Paulino Garcia
Fabio Sousa
Francisco Floriano
Franklin Lima
George Hilton
Hissa Abrahão
Irmão Lázaro
João Derly
Jorge Tadeu Mudalen

Jony Marcos
Josué Bengtson
Julia Marinho
Leonardo Quintão
Lindomar Garçon
Luiz Claudio
Luiz Lauro Filho
Magno Malta (senador)
Marcelo Aguiar
Marcos Soares
Missionário José Olimpio
Moses Rodrigues
Nilton Capixaba
Pastor Luciano Braga
Professor Victorio Galli
Roberto Sales
Ronaldo Fonseca
Ronaldo Martins
Rosinha da Adefal
Pastor Takayama
Valdir Raupp
Walney Rocha



Assuntos: , ,


Deixe sua opinião!

Mais notícias