Bispo que chamou homossexualidade de “dom de Deus” se explica

Antônio Carlos afirma que seu desejo é de “salvar vidas”


Bispo que chamou homossexualidade de "dom de Deus" se explica

O bispo diocesano de Caicó, no Rio Grande do Norte, Antônio Carlos Cruz Santos, decidiu explicar sua fala dada no último dia 30 de julho, quando afirmou, durante uma missa, que a homossexualidade “é um dom de Deus” e causou polêmica.

Ele disse: “Minha intenção é de salvar vidas, contribuindo para que possamos superar os preconceitos que matam”, disse o padre que, ainda, afirmou que não agiu de má fé e seguiu as orientações do Vaticano sobre a temática.

De acordo com informações divulgadas pelo G1, a declaração do bispo surgiu por conta do alto índice de suicídios na região de Seridó, município do Rio Grande do Norte. Antônio afirma que a maioria dos desabafos que ouve são neste sentido.

“Dentro do contexto, abordei o tema dos irmãos e irmãs com orientação homoafetiva, procurando enxergá-los de uma forma evangélica, por isso me dirigi aos que sofrem por causa desta condição”, disse.

“Em geral, a orientação sexual não é uma opção, pois em determinado momento da vida a pessoa se descobre com esta ou aquela tendência. Opção é a forma como a pessoa viverá essa orientação”, acrescentou.

Antônio Carlos ainda reitera que seguiu orientações da instituição e do Papa Francisco. “(…) Como o Papa Francisco já nos pediu bastante vezes, as pessoas já sabem de cor a doutrina da Igreja sobre aborto, divórcio e atos homossexuais”, diz.

“Ele pede de nós que não fiquemos obcecados em sempre insistir no pecado aumentando a ferida cada vez mais dessas pessoas, mas insistamos que a igreja está de portas abertas para acolher, instruir, discernir, amar a fim de levar a salvação a todos sem exceção”, disse, em nota.

“Em razão da minha prometida fidelidade ao Sucessor de Pedro, o Papa Francisco, estou procurando colocar em prática os ensinamentos do seu magistério e suas orientações pastorais sobre o tema em questão”, concluiu o bispo.




Deixe seu comentário!