Bitcoin já é aceita em igrejas: “estamos no século 21”

Diferentes tipos de criptomoedas podem ser usadas para dízimos e ofertas


Bitcoin já é aceita em igrejas: "estamos no século 21"

A International Christian Fellowship (ICF), uma das maiores igrejas evangélicas da Suíça, está aceitando criptomoedas como dízimos e ofertas.  A denominação pentecostal decidiu adicionar a possibilidade de transferência de moeda digital para facilitar a vida dos membros, à medida que esse tipo de transição está cada vez mais comum no continente.

Segundo o pastor Nicolas Legler, a igreja sempre fez uso de tecnologia em seus cultos e a maioria dos membros é jovem. Acabou se tornando uma opção natural. “Criptografia será implementada como norma, seja pelo Bitcoin ou outras moedas controladas pelo Estado. Estamos convencidos de que esta tecnologia será parte cada vez maior de nossa vida diária”, explicou.

Ele diz que  em breve isso será tão natural quanto usar um cartão de crédito. “Vinte anos atrás, ninguém teria acreditado que a internet determinaria nossas vidas tanto. Sinal dos tempos”, resume.

Além de Bitcoin, a ICF também aceita doações em outras criptomoedas como Etherum e Ripple e Stellar.

Pioneira

Mas a IFC não é a pioneira. A Igreja Anglicana de St Martin, em Londres foi a primeira, aceitando doações em moeda digital desde 2014.

Os fiéis podem usar seus smartphones para escanear um Código QR colocado em um totem na entrada do tempo para fazer o pagamento virtual.  O líder da igreja, pastor Christopher Brice disse: “Isso coloca a igreja em contato com os desenvolvimentos do mundo. Afinal, estamos em pleno século 21!”. Além da Inglaterra, a Igreja Anglicana já oferece essa possibilidade em alguns templos da Austrália. Com informações Evangelical Focus e Church Times




Deixe seu comentário!