MENU

Campanha cristã contra o feminismo viraliza

Produção polonesa afirma que “O feminismo é idiota e contraria o bom senso”


Rasgando o feminismo
Rasgando o feminismo

A página conservadora polonesa idź Pod Prąd [Contra a Corrente] tem atraído a atenção da mídia na Europa por ter gerado uma campanha contra o feminismo, indo – como sugere seu nome –  na contramão do que é aceitável hoje em dia.

O material, que afirma ser a parte 1 de uma série, já teve mais de 650 mil visualizações e passou de 7 mil compartilhamentos. Basicamente, são testemunhos de várias mulheres contra o feminismo. A maioria delas usa camisetas com mensagens cristãs.

Leia mais

O texto que acompanha o vídeo diz: “Declaramos que, como mulheres, queremos dizer que não estamos interessadas no mundo projetado pelas feministas. Rejeitamos a ideologia de gênero, teoria queer, ecologismo e outras ideias esquerdistas. Estamos cansadas de ver algumas feministas insatisfeitas nos dizendo o que fazer, onde trabalhar e o que usar… Nos irrita que apenas as feministas e as esquerdistas falam sobre mulheres. Somos mulheres normais e temos nossa própria voz. Está na hora de mostrar às feministas que sua ideologia é estúpida e prejudicial para todas as mulheres!”.

Jestem kobietą, #NieJestemFeministką!

Manifest kobiet! #NieJestemFeministką! cz. 1 Witajcie! Stwierdziłyśmy, że jako kobiety chcemy zabrać głos i powiedzieć, że nie interesuje nas świat zaprojektowany przez feministki. Mamy w nosie genderyzm, teorie queer, ekologizm i inne ich lewackie wymysły. Mamy dość tego, że jakaś niezadowolona z życia feministka będzie nam mówić, jakie mamy być, gdzie mamy pracować i w co się mamy ubierać. Jesteśmy sobą i będziemy sobą, niezależnie od tego, że chcecie z nas zrobić chłopobaby! ;) Wkurza nas, że o kobietach mówią tylko feministki i lewaczki. A normalne kobiety są pomijane. Czas pokazać feministkom, że ich ideologia jest głupia i szkodliwa dla wszystkich kobiet! Ale przede wszystkim czas pokazać normalnym kobietom, że jest nas miliony! :D Rozpoczynamy akcję: Jestem kobietą, #NieJestemFeministką! Dołącz do nas! Dołącz do akcji! Wyślij swoją fotkę z #NieJestemFeministką lub prześlij wideo: "Dlaczego nie jestem feministką?" NA: kobiety@idzpodprad.pl lub facebook.com/idzpodpradZapraszamy na stronę: http://niejestemfeministka.pl

Posted by idź Pod Prąd on Monday, February 5, 2018

Uma das mulheres que fala no vídeo reclama que o feminismo “tira da mulher as suas características naturais, como a graça, a beleza, a sensibilidade e o direito de ser frágil. O feminismo força a mulher a tentar provar que pode ser igualzinha aos homens”.

Outra diz: “Deus criou você de uma maneira tão linda. Deixe que seja assim”. Uma terceira, afirma: “Uma mulher conservadora não precisa mudar nada. Ela sabe que é uma mulher e não sente falta de nada”. Perto do final, uma delas dispara: “O feminismo é idiota e contraria o bom senso”.

A campanha iniciada por elas tem como slogan “Sou uma mulher, #NãoUmaFeminista”.

Como era esperado, elas estão recebendo críticas por irem contra o discurso do politicamente correto, mas isso não parece preocupar os donos da página.

O texto de apresentação da idź Pod Prąd diz que “Deus não entregou as Sagradas Escrituras para uma casta dos sacerdotes ou professores de teologia. É uma carta endereçada diretamente a você! Durante muitos anos em nosso país, o título ‘cristão’ foi fortemente desacreditado e queremos mudar isso”.

Além de posicionar-se contra os ideais feministas, elas também divulgam material sobre a perseguição aos cristãos e os males do comunismo no mundo. Com informações de Cosmopolitan e Kobieta




Deixe seu comentário!