MENU

Campanha de Natal doará Bíblias infantis a crianças da Síria

Portas Abertas auxilia cristãos a reconstruírem suas vidas


Criança síria recebendo Bíblia
Criança síria recebendo Bíblia. (Foto: Portas Abertas)

A missão Portas Abertas criou a campanha “Presentes de Esperança” que, no final do ano, se propõe a semear a palavra de Deus no coração dos pequenos sírios, com a distribuição de Bíblias infantis. A iniciativa pretende investir na formação de uma igreja madura no futuro.

Entre as famílias beneficiadas, há muitos deslocados e refugiados cristãos. De acordo com a ONU (Organização das Nações Unidas), estima-se que mais de 6 milhões de pessoas foram deslocadas internamente desde o começo da guerra na Síria, em 2011.

Leia mais

Visando auxiliar cristãos sírios a enfrentar a perseguição e reconstruir suas vidas, a Portas Abertas atua na região com diversos projetos que oferece alimentos, ajuda para reconstrução de suas casas e dá novas perspectivas de vida a essas famílias.

Testemunho

A Bíblia é uma das necessidades básicas não somente dos adultos, mas também das crianças.

Quando o assunto é trauma de guerra, as crianças são as mais atingidas. Youmma (nome fictício) é uma menina cristã que vive em Damasco, capital da Síria. Ela conta sobre sua rotina e surpreende com alguns detalhes.

“Um dia, eu estava indo para a escola de ônibus quando ouvimos um tiroteio. Então abaixamos, nos escondemos sob nossos assentos e esperamos até o tiroteio terminar”, lembrou. Nesses momentos, ela disse que ora e lembra das palavras de Deus.

Numa outra ocasião, tinha um avião muito perto da escola que ameaçava bombardear o local. “Todos tivemos que ir para o porão e ficar longe dos vidros”, explicou. Para Youmma, a Bíblia é o que a faz ficar feliz em dias como esses. “Memorizei alguns versículos como os do Salmo 91. Ao dizê-los, eu me sinto melhor”.

A Síria é considerada protagonista da “maior crise de deslocados no mundo”. Cerca de 5,6 milhões de cidadãos deixaram o país e mais de meio milhão de pessoas morreram. Apesar das consequências da guerra, hoje boa parte dos cristãos na Síria vive um tempo de cura e recomeço.



Assuntos: , , ,


Deixe sua opinião!