Campanha exibe montagem do Papa Bento XVI beijando na boca de líder muçulmano

Outros líderes políticos também entraram na campanha contra a cultura de ódio de uma marca italiana


Campanha exibe montagem do Papa beijando na boca de líder muçulmano

A marca italiana Benetton criou polêmica ao criar uma campanha publicitária mostrando vários líderes mundiais se beijando. As fotomontagens trazem até mesmo o Papa Bento XVI “beijando” Ahmed Mohamed el Tayeb, imã da mesquita de Al Azhar no Cairo, imã da mesquita Al Azhar no Cairo.

O objetivo da empresa é promover a campanha batizada de “Unhate” que condena a “cultura do ódio”. Bento de VI não é o único que foi exposto nessa campanha. O presidente americano Barack Obama aparece em duas montagens, em uma ele aparece beijando o líder chinês, Hu Jintao, e em outra ele aparece beijando o presidente da Venezuela, Hugo Chávez.

O Vaticano já se manifestou condenando a peça publicitária e caracterizou a campanha como desrespeitosa. “Isso mostra uma grave falta de respeito pelo papa, uma ofensa aos sentimentos dos fiéis e uma clara demonstração de como a publicidade pode violar as regras básicas do respeito às pessoas”, declarou o porta-voz do Vaticano, o reverendo Federico Lombardi, à agência France Presse (AFP).


  Aula Gratuita para Você Realizar o Sonho de Tocar Piano. Assista Agora!


Com informações Yahoo




Deixe seu comentário!