MENU

Catedral anglicana fará “Culto da Beyoncé” para atrair desigrejados

Evento faz parte da “renovação” da liturgia na antiga igreja


Beyoncé
Beyoncé. (Foto: Divulgação)

A Grace Cathedral, de São Francisco realizará um culto em homenagem à cantora Beyoncé no final deste mês. O evento faz parte do projeto de “renovação” da liturgia do antigo templo anglicano, onde desde março de 2017 funciona a “The Vine” focada em atrair desigrejados e descrentes que vivem em uma das regiões mais liberais dos Estados Unidos.

O prédio centenário já abriga aulas de yoga, além de realizar exposições de arte e shows musicais, dentro de seu entendimento que se trata de um espaço “multiuso”, não apenas para cultos, já que o corpo e o espírito deveriam trabalhar em harmonia.

Leia mais

O culto temático, explica o site da igreja, “destina-se a explorar as letras e a arte da cantora, abrindo uma janela para vermos a vida dos marginalizados e esquecidos – particularmente das mulheres negras”.

Segundo os líderes da The Vine, sua comunidade espiritual quer combinar ensinamentos cristãos com valores contemporâneos, promovendo assim “novas conexões”.

“Nós não estamos adorando Beyoncé. Nós adoramos a Deus e a mais ninguém. Tal como acontece no filme ‘Mudança de Hábito’, entendemos que o meio não é a mensagem. O meio são canções poderosas de Beyoncé, que dão voz à experiência feminina negra, explorando temas de espiritualidade, sexualidade e empoderamento”, afirma a nota referente ao evento.

Programada para 25 de abril, a igreja diz que será uma oportunidade para “reafirmar que as mulheres negras são feitas à imagem de Deus”.

O pastor Malcolm Clemens Young explica que será um culto temático, onde a parte do louvor será com músicas da cantora que tenham uma ‘mensagem espiritual’ e a pregação ficará a cargo de Yolanda Norton, que ensina no Seminário Teológico de San Francisco uma cadeira chamada “Beyoncé and the Hebrew Bible”, onde traça paralelos entre trechos do Antigo Testamento e as letras das músicas dela. Com informações Charisma News



Assuntos: ,


Deixe sua opinião!

Mais notícias