Pastor Cesino faz desabafo sobre pregadores do Gideões Missionários

Ele comenta que muitos preletores dos Gideões estão afastados por se envaidecerem


Pastor Cesino faz desabafo sobre pregadores do Gideões

Durante um dos cultos do Congresso Gideões Missionários da Última Hora (GMUH), que está acontecendo em Camboriú (SC), o pastor Cesino Bernardino fez um desabafo a respeito dos pregadores que já participaram do evento e se desviaram.

“Descuidaram, facilitaram, brincaram, se envaideceram, se orgulharam pouco, manipularam e agora a glória de Deus se retira e eles ficam só como uma palha seca”, disse o presidente do evento que está em sua 32ª edição.

Bernardino acredita que esses pastores estavam assistindo ao evento arrependidos, se lembrando de quando pregavam para milhares de pessoas, espaço que hoje está sendo ocupado por outros pregadores.


  Programa que ensina a Bíblia vira febre na Internet


Com pesar, o líder da Assembleia de Deus de Camboriú fala que é possível encontrar pastores que se perderam e caíram nas drogas. “Hoje é possível encontrar grandes pregadores com o nariz todo estragado com a cocaína. Grandes pregadores que vêm maltrapilhos, cheirando mal pedindo socorro”, afirma.

Comemorando a nova geração que surge, Bernardino pediu para que todos orassem pelos pastores que se perderam, para que eles se levantem e voltem a pregar com a mesma unção de antes.

“Não podemos esquecer ou virar as costas para eles também. Irmão, não vire as costas, o mundo está em agonia”, pediu o pastor líder do GMUH que orou pedindo para que Deus os socorra sem citar nome de nenhum para não deixar de ser ético.

Aproveitando o momento ele exortou dizendo que já teve pastor que chegou no púlpito dos Gideões Missionários fedendo a whisky e outros que saíram do congresso e foram para motéis e se deitaram com cantoras evangélicas.

“Não brinque porque Deus está tratando com cada um. Deus está limpando, Deus está mostrando que a obra não para. Deus levanta outros”, afirmou.

Assista:




Deixe seu comentário!