Cobra que matou pastor será usada de novo em culto no sábado

Quem vai assumir a igreja será Cody Coots, filho de Jamie, que continuará usando cobras nas ministrações


Cobra que matou pastor será usada de novo em culto no sábado

A família do pastor Jamie Coots, falecido no último sábado (15), vai usar a cascavel que picou o pastor e o levou à morte no culto do próximo sábado.

De acordo com o site TMZ a família do pastor deve dar sequência ao estilo de pregação adotado por Coots. Cody, filho de Jamie, disse que eles acreditam que a Deus tem poder para proteger seus fiéis do veneno da cobra.

O jovem também falou sobre a morte do pai e explicou que “para ele uma picada de cobra era o caminho de Deus” sendo essa a uma boa forma de morrer, melhor que passar por um acidente ou ter um AVC.


  Realize o Seu Sonho de Tocar Piano sem Sair de Casa. Comece Agora!


Ainda de acordo com o TMZ Cody irá assumir a igreja depois de receber um recado de Deus que dizia: “Isto é como você queria, é a sua hora de ir… Se ele não tivesse planejado [morrer desta maneira], ele teria permanecido vivo”.

Jamie Coots era conhecimento mundialmente por usar cobras em suas pregações, ele chegava a dar os animais para que os fiéis segurassem enquanto recebiam oração para testar-lhes a fé.

No último sábado ele acabou sendo picado por uma das cobras, as pessoas que estavam no culto chegaram a chamar por socorro, mas o pastor rejeitou o atendimento e faleceu em sua residência.

Em Kentucky é ilegal usar cobras em rituais religiosos, mas apesar dessa proibição a família do religioso não responderá a nenhum processo.




Deixe seu comentário!