MENU

Coliseu será “pintado” de vermelho em homenagem aos mártires cristãos

Iniciativa é da Fundação Ajuda à Igreja Que Sofre


Coliseu
Coliseu

O Coliseu é um dos mais famosos cartões postais de Roma. Ele foi palco da morte de milhares de cristãos perseguidos durante o reinado de alguns imperadores nos primeiros séculos da era cristã.

No sábado, 24 de fevereiro, ele será totalmente iluminado em vermelho, numa homenagem aos cristãos que derramam seu sangue pela fé até hoje. O mesmo ocorrerá com duas igrejas no Iraque: a catedral de São Elias Maronita, em Aleppo (Síria) e a Igreja de São Paulo em Mosul (Iraque).

Leia mais

A iniciativa é da Fundação Pontifícia Ajuda à Igreja que Sofre (ACN), que recentemente publicou um relatório sobre a perseguição religiosa global. “Os cristãos são vítimas de pelo menos 75% de toda violência e opressão religiosa”, afirma o estudo.

Durante o evento especial em Roma, os participantes terão a oportunidade de escutar testemunhos de cristãos que sofreram a perseguição no Oriente Médio.

Entre eles, Ashiq Masih e Eisham Ashiq, o esposo e a filha de Asia Bibi, que está presa há quase 10 anos no Paquistão, tendo sido condenada à morte, acusada de blasfêmia.

Também falará Rebecca Bitrus, que foi sequestrada e abusada por jihadistas do Boko Haram, na Nigéria.

A ACN já havia “pintado” de vermelho, para lembrar o sangue dos mártires, a ‘Fontana di Trevi’, também em Roma em 2016.

Em eventos similares, lembraram da perseguição iluminando de vermelho o Parlamento e a Catedral de Westminster em Londres. Com informações de Breitbart



Assuntos: , ,


Deixe sua opinião!