MENU

Conflitos religiosos são responsáveis pelo “êxodo de cristãos” na Europa

Islã radical está invadindo a Europa e preocupa lideranças da Bósnia-Herzegovina


Cristãos na Bósnia-Herzegovina
Cristãos na Bósnia-Herzegovina. (Foto: ACN Brasil)

De acordo com o arcebispo de Sarajevo, Vinko Puljic, na Bósnia-Herzegovina, está acontecendo um “êxodo escondido” de cristãos devido à difícil situação política, econômica e social daquela nação.

Ele conta que o país sofreu no início dos anos 1990 com uma sangrenta guerra que destruiu a então Iugoslávia e acabou com mais de 97 mil vidas, gerando ainda cerca de dois milhões de deslocados. O motivo dos confrontos foi principalmente étnico e religioso, entre bósnios (muçulmanos), sérvios (cristãos ortodoxos) e croatas (católicos).

Leia mais

Embora a violência tenha diminuído depois do tratado de paz assinado em 1995, as tensões e divisões ainda prevalecem. O islã radical está invadindo a Europa e se estendendo pelo continente através da Bósnia-Herzegovina que é a porta de entrada.

Os cristãos acabam partindo por serem a minoria. “A mídia é dura e muitos jovens vão embora porque estão cansados ​​de um ambiente em que há pressão de ambos os lados, tanto do lado sérvio quanto do lado croata”, explicou o cardeal a ACI.

Puljic também lamentou que “os políticos não trabalham para todos. Aqueles que são eleitos trabalham apenas para seus eleitores”. O líder cristão acredita que falta respeito à liberdade religiosa.



Assuntos: , ,


Deixe sua opinião!