Polícia faz buscas por corpo no sítio do pastor Marcos Pereira

Ela teria sido morta por um amigo do pastor que frequentava o local


Polícia faz buscas por corpo no sítio do pastor Marcos Pereira

O sítio do pastor Marcos Pereira, localizado em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, está sendo investigado por agentes do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco).

Os policiais estão em conjunto com o Ministério Público do Rio (MPRJ), a Polícia Civil e o Corpo de Bombeiros para tentar encontrar o corpo da manicure Liliane dos Santos que foi sequestrada em 19 de julho.

O sítio passou a ser apontado como o local onde o corpo da manicure foi enterrado pela proximidade do local onde as roupas da vítima foi encontrada.


  Programa que ensina a Bíblia vira febre na Internet


A investigação diz que os pertences de Liliane foram encontrados a 820 metros do sítio, no bairro Tinguá, e que além das roupas uma Bíblia também foi encontrada.

O Livro Sagrado seria de Antonio Marcos de Borges, apontado como autor da morte. Ele era amigo pessoal do pastor Marcos Pereira e frequentava o sítio do fundador da igreja Assembleia de Deus dos Últimos Dias.

Antônio também é apontado como autor do sequestro da publicitária Patrícia Gomes Ávila, morta com um tiro na nuca em Queimados no mês de julho.

A semelhança entre os crimes chamou a atenção da polícia, Antônio Marcos estava condenado a 27 anos de prisão por roubo, homicídio, estupro, extorsão e sequestro, mas estava foragido.
Ele foi morto em julho em um confronto com a polícia. Apesar das investigações, a polícia descarta qualquer participação do líder religioso com o crime.

O pastor Marcos Pereira ficou conhecido por ter facilidade em conversar e pregar para criminosos, tanto nas comunidades como em prisões do Rio de Janeiro. O fundador da ADUD está preso desde maio por estupro, sendo condenado a 15 anos de prisão. Com informações G1.




Deixe seu comentário!