MENU

Cristãos são alvo de perseguição em 144 nações, aposta estudo

Centro Pew mostra como hostilidade à religião cresce no mundo todo


Igreja Perseguida
Igreja Perseguida

O conhecido ranking de perseguição elaborado anualmente pela missão Portas Abertas foca na situação dos cristãos em diferentes partes do mundo. Agora, uma extensa pesquisa do Centro de Pesquisas Pew revela que a hostilidade à religião cresce no mundo todo.

Em muitos casos, as restrições são impostas pelos governos e os índices mostram que membros de religiões minoritárias não são o único alvo. Segundo o Pew, o crescimento da repressão é identificado pelo segundo ano consecutivo.

Leia mais

O levantamento mapeou a liberdade religiosa em 198 países, com dados dos últimos anos. Nota-se um aumento generalizado a partir de 2015. A multiplicação de grupos terroristas islâmicos matando cristãos e outras minorias e o antagonismo em relação aos judeus na Europa merecem destaque.

“Mais de um quarto (28%) dos países tinham níveis ‘altos’ ou ‘muito altos’ de restrições à religião impostas pelo governo em 2016, um aumento de 25% em comparação com o ano anterior. Essa é a maior parcela de países nessas categorias desde 2013”, diz o relatório.

A aprovação de novas “leis antiblasfêmia” em países islâmicos e as restrições contra todo tipo de religião são assuntos de destaque. Em ambos os casos a perseguição é institucionalizada. Os movimentos nacionalistas, que ligam a identidade de um país a uma confissão religiosa específica, também ganharam força nos últimos anos.

Por exemplo, o Laos, no sudeste asiático, está entre os países com restrição religiosa “muito alta” devido a uma nova lei que permite ao governo suspender qualquer atividade religiosa que considere uma ameaça a seus costumes.

“Dezesseis por cento dos países do relatório possuem grupos sociais ativos, que usaram a retórica nacionalista contra as minorias religiosas no país, um aumento de 14% em relação ao ano anterior”, observou Katayoung Kishi, um dos diretores da Pew.

O grupo religioso mais visado ​​pela repressão imposta pelos governos ou grupos armados eram cristãos. Eles enfrentam restrições à liberdade de culto em 144 países.

Mapa da Perseguição
Mapa da Perseguição

Egito, Rússia, Índia, Indonésia e Turquia tiveram os maiores níveis gerais de restrições religiosas entre as 25 nações mais populosas do mundo. A China, que abriga aproximadamente 1,5 bilhão de pessoas, apresenta os mais altos níveis de restrições governamentais à religião. A Índia, que tem uma população de 1,3 bilhão de pessoas, tem os níveis mais altos de hostilidades sociais envolvendo religião. O estudo pode ser lido na íntegra aqui. Com informações de Christianity Today



Assuntos: ,


Deixe sua opinião!