MENU

Eclipse mais longo do século terá Lua de sangue

Fenômeno é visto por muitos estudiosos como mais um dos sinais da volta de Cristo


Lua de Sangue
Lua de Sangue

É hoje! O eclipse lunar total mais longo do século vai durar cerca de 1h42 de fase total e será visível, total ou parcialmente, na Austrália, na Ásia, na África, na Europa e América do Sul (incluindo o Brasil), mas não em todas as fases. O fenômeno conhecido como Lua de Sangue reacende debate sobre sinais da volta de Cristo.

Um eclipse lunar total acontece quando Sol, Terra e Lua se alinham, produzindo em nosso planeta uma sombra no satélite. Isso faz a Lua ficar escura e perder o brilho. O fenômeno pode ser visto a olho nu. Já a Lua de Sangue deixa o satélite com um tom avermelhado. Isso acontece porque os raios do Sol são bloqueados pela Terra, mas passam pela atmosfera.

Leia mais

Para alguns pastores e estudiosos, os fenômenos estão relacionados a questões teológicas e servem para sinalizar a volta de Cristo. O assunto divide opiniões, mas vários deles alegam se tratar das profecias sobre o final dos tempos.

Textos bíblicos como Joel 2.31: “O sol se converterá em trevas, e a lua em sangue, antes de chegar o grande e terrível dia do Senhor” e Lucas 21.11: “haverá também coisas espantosas, e grandes sinais do céu” são citados pelos observadores cristãos.

Vale lembrar que uma série de quatro luas de sangue – entre 2014 e 2015 – coincidiu com festas do calendário bíblico e que Israel completou 70 anos no último dia 14 de maio. Vários teólogos acreditam que os “eventos” que acontecem em todo o mundo estão ligados ao Dia do Juízo.

O apologeta e astrofísico Jeff Zweerink defende que os cristãos deveriam ver esses eventos celestes como uma oportunidade de compartilhar o evangelho. “Deus fez uma criação espetacular para nós contemplarmos”, afirmou. Segundo Zweerink, “a confiabilidade que Deus cumprirá Suas promessas pode ser comparada com a maneira como a Criação se comporta”.



Assuntos: , ,


Deixe sua opinião!