“Edir Macedo apoia a Dilma, eu apoio Aécio”, diz Silas Malafaia

Eleições reascendem desavenças entre o líder da Universal e o pastor assembleiano


"Edir Macedo apoia a Dilma, eu apoio Aécio", diz Silas Malafaia

O pastor Silas Malafaia foi enfático ao mostrar sua posição política contra o Partido dos Trabalhadores ao afirmar que no primeiro turno votaria em Pastor Everaldo (PSC) e no segundo turno no candidato que enfrentaria Dilma Rousseff (PT).

Com a chegada do candidato Aécio Neves (PSDB) ao segundo turno, Malafaia reascendeu suas desavenças com o bispo Edir Macedo, líder da Igreja Universal do Reino de Deus, que apoia a reeleição de Dilma.

Em entrevista ao jornalista Felipe Patury, da revista Época, ele falou: “O pessoal do PT esconde, mas o Edir Macedo, da Universal, apoia a (reeleição da presidente) Dilma (Rousseff). Eu apoio (o tucano) Aécio (Neves). Por que o PT esconde o apoio do Edir Macedo?”.

O pastor presidente da Assembleia de Deus Vitória em Cristo tem usado no Twitter para fazer oposição ao PT e tem enfatizado essa aliança entre a legenda e a Igreja Universal, assunto este levado até para o debate entre os candidatos do segundo turno ao governo do Rio de Janeiro, já que entre eles está o senador Marcelo Crivella, sobrinho de Edir Macedo.

Durante o debate que aconteceu nesta quarta-feira (8) Malafaia fez questão de citar a posição da Universal durante as eleições e ainda mostrou seu descontentamento com a compra dos horários da CNT pela igreja de Edir Macedo, o que fez com que programas como o “Vitória em Cristo”, que tinha 32 anos de emissora, saíssem do ar.

Diante das respostas que o acusavam de atrapalhar a candidatura dos políticos, Malafaia escreveu que não há um único culpado pela vitória ou derrota de alguém.

“Edir Macedo apoia Dilma, direito dele, eu apoio Aécio, direito meu. De quem vai ser a responsabilidade pela vitoria ou derrota? Nenhum”, afirmou ele pelo Twitter.




Deixe seu comentário!