Editora Gráfica Universal demite metade de seus funcionários

Ao que se sabe a decisão partiu da direção de SP que não deu maiores detalhes à equipe


Editora Gráfica Universal demite metade de seus funcionários

De acordo com uma coluna do Jornal do Brasil a Editora Gráfica Universal demitiu na última semana metade de seus funcionários. A equipe era responsável pela Folha Universal e outros periódicos.

O texto assinado por Pedro Willmersdorf diz que os funcionários não foram informados sobre os motivos da demissão em massa, mas que as ordens vieram de São Paulo. A editora fica em Inhaúma no Rio de Janeiro.

O fato faz aumentar os boatos de que a Igreja Universal do Reino de Deus, dona da Rede Record e de outros veículos de comunicação, estaria passando por uma crise financeira, mas não há confirmações sobre o fato.


  Realize o Seu Sonho de Tocar Piano sem Sair de Casa. Comece Agora!


Com a demissão da metade dos funcionários duas publicações da Editora Gráfica Universal deixaram de circular, mas o jornal semanal da IURD continua na praça.

No final de fevereiro veículos anunciaram que a crise da empresa poderia gerar o fechamento do portal de notícias R7, mas a Rede Record se pronunciou dizendo que tal informação não correspondia com a verdade uma vez que o site tem tido ótimos retornos financeiros.

Com informações Jornal do Brasil




Deixe seu comentário!