MENU

Em Apocalipse, construção do Terceiro Templo marca o início da sonhada “paz mundial”

Novela da Record usa teologia pré-tribulacionista como fio condutor da narrativa


A novela Apocalipse, que vai ao ar pela Rede Record, desde o início dava indícios de que seguiria a interpretação teológica conhecida como “pré-tribulacionismo” como fio condutor.

Essa linha, que é a mais popular no Brasil, vê nas Escrituras um arrebatamento da Igreja antes do Arrebatamento, entendendo que o reinado do Anticristo se dará durante sete anos, sendo os primeiros 3 anos e meio de uma falsa paz e os 3 anos e meio seguintes de intensa guerra, dentro do período denominado “Grande Tribulação”.

Leia mais

Em Apocalipse, o Arrebatamento aconteceu no capítulo 56, exibido em 6 de fevereiro.  Foi o capítulo de maior audiência desde a estreia do folhetim.

Recentemente, no capítulo 72, apareceram as “duas testemunhas”, que seriam Moisés (Paulo Gorgulho) e Elias (Roberto Bomtempo) revividos e enviados à Terra para alertar o mundo do que estava para vir. Andando nas ruas em Jerusalém, eles anunciam Jesus aos judeus e irão confrontar Ricardo Montana (o Anticristo, vivido por Sérgio Marone), aclamado como Messias.

Nesta sexta, iniciou a fase de ascensão definitiva do Anticristo em seu plano de domínio mundial. Ele vai até uma organização mundial (semelhante à ONU) anunciar a construção do Terceiro Templo no alto do monte do Templo em Jerusalém ao lado da mesquita conhecida como Domo da Rocha.

A notícia recebe atenção mundial e traria a paz entre islâmicos e judeus, fazendo parte de um plano que inclui o reconhecimento da Palestina como nação pelo governo de Israel. O assunto é noticiado no mundo todo e faria com que ele fosse indicado ao Prêmio Nobel da Paz.

Ao longo das próximas semanas, Ricardo organizará um encontro com líderes religiosos, mas o rumo da reunião o desagradará. O Anticristo decide dar ordens para que homens armados promovam uma chacina no local. Após o atentado, o empresário fingirá desespero e verá sua popularidade aumentar com a falsa imagem de líder humanitário.

Ricardo, sempre com a cumplicidade de Stefano (Flávio Galvão), um tipo de papa, finge apoiar as pregações das duas testemunhas, mas trama em segredo seu assassinato. Enquanto isso, 144 mil judeus também serão selados com a marca de Deus e, assim, poderão pregar a palavra e converter milhares de pessoas, no maior avivamento de todos os tempos

Vários aspectos da história mostrada na novela seguem interpretações que não são consenso entre eruditos, como o Anticristo ser um judeu ou a figura do “Falso Profeta” (Stefano) ser o “papa”.

Mesmo assim, vários tópicos apresentados pela trama servem para despertar a curiosidade de quem não conhece as profecias bíblicas. Contribui para isso a opção da Record em exibir com frequência as passagens da Bíblia relacionadas com o que é visto na telinha.

Assista:

Ricardo anuncia a construção do terceiro templo e vira notícia mundial

Ricardo anuncia a construção do terceiro templo e vira notícia mundial Assista aos melhores momentos de Apocalipse: http://r7.com/pdRZ• Acompanhe a programação da Record TV e não perca seu programa favorito. Acesse r7.com/programacao• Novidades sobre as nossas atrações? Você encontra em r7.com/recordtv. Confira!

Posted by Record TV on Saturday, March 10, 2018



Assuntos: , , ,


Deixe seu comentário!

Mais notícias