Em votação, Carolina do Norte rejeita casamentos homossexuais

A população foi às urnas e decidiu na emenda constitucional que bane uniões civis entre pessoas no mesmo sexo


Carolina do Norte rejeita casamentos homossexuais

O estado de Carolina do Norte, Estados Unidos, se tornou o 30º Estado americano a considerar legal apenas o casamento entre homens e mulheres. Os eleitores foram às urnas para decidir sobre uma emenda constitucional que bane o casamento gay e também a união estável entre homossexuais.

A votação aconteceu na terça-feira (8) e quando 35% dos votos foram apurados emissoras de TV como a CNN e NBC já anunciavam o resultado preliminar apontando que a maioria dos eleitores eram favoráveis apenas ao casamento entre heterossexuais.

Eram 58% dos votos em favor da emenda e 42% contra. Um resultado bastante dividido, mas que da mesma forma mostrava que a maioria da população não aceita a união entre pessoas do mesmo sexo.

Políticos republicanos e líderes religiosos fizeram anúncios de apoio à emenda, enquanto que membros do gabinete de Barack Obama pediram votos contrários, para que assim como em outros estados americanos a união entre gays fosse reconhecida.

Uma pesquisa recente realizada pelo Instituto Gallup mostra que há grandes divergências sobre o tema, enquanto democratas e independentes são, em sua maioria, favoráveis a uniões homossexuais, entre os republicanos apenas uma minoria é a favor, contra 78% de opiniões contrárias.

Foram ouvidas 1.024 pessoas de todos os estados do país, e quando o quesito religião também é medido os católicos e protestantes dominam a lista de pessoas contra esse tipo de união civil. Dos católicos americanos 47% são contra, entre os protestantes o número chega a 59%.

Com informações Folha.com




Deixe seu comentário!