Encontro de líderes muçulmanos mostra que América Latina é prioridade

18/11/2014 - 17:14

Encontro de líderes muçulmanos mostra que América Latina é prioridade

Reunião realizada na Turquia tratou do expansionismo islâmico para o continente


Encontro de líderes muçulmanos mostra que América Latina é prioridade Encontro de muçulmanos mostra que América Latina é prioridade

Pouco divulgado no Brasil, ocorreu na última semana na Turquia o primeiro encontro de líderes muçulmanos da América Latina. O tema foi “Construindo as nossas tradições e do nosso futuro”, e teve como promotor o Gabinete para Assuntos Religiosos do Presidente, chamado de Diyantet.

A reunião teve a participação de 76 líderes muçulmanos de 40 países, sob a direção de Mehmet Görmez, chefe do Diyantet. Entre os participantes havia emissários de Brasil, Venezuela, Argentina, Chile, México, Suriname, Uruguai, Paraguai, Nicarágua, Panamá, Colômbia, Bolívia, República Dominicana, Guiana, Peru, Colômbia, Cuba, Equador, Jamaica e Haiti.

Único continente do mundo que não tem um número expressivo de muçulmanos, a América Latina parece ser o “alvo” do expansionismo islâmico para os próximos anos. “Nós estamos aqui reunidos para discutir questões que dizem respeito aos muçulmanos em países da América Latina, seus cultos religiosos e as oportunidades de cooperação”, disse o Dr. Görmez.

O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, fez um pronunciamento no último sábado, afirmando que “A América não foi descoberta por Cristóvão Colombo em 1492, mas sim por “navegadores muçulmanos” três séculos antes”. Além de querer mudar o passado, o presidente também parece querer mudar o futuro do continente, oferecendo-se para patrocinar a construção de mesquitas.

O encontro de líderes islâmicos latino-americanos abordou formas de cooperação mútua e como o governo turco poderá ajudar os muçulmanos da América Latina em suas atividades. Um dos principais aspectos levantados por Görmez é que ainda não há islamofobia na América Latina e por isso a resistência ao Islã é menor.

Durante a reunião, outro tema que mereceu atenção foi a falta de imãs fluentes em espanhol e português. A maior concentração de muçulmanos na América do Sul está no Caribe, com cerca de 4,5 milhões de seguidores.

Segundo Mazen Mokhtar, presidente para as Américas da Associação Muçulmana, existe uma “alta taxa” de conversão ao Islã no continente. Embora não tenham divulgado números que comprovem essa afirmação.

O número de muçulmanos no Brasil cresceu 29.1% entre 2000 e 2010, segundo o IBGE. Número bem maior que o crescimento médio da população, que foi de 12.3%.

Embora não existem registros oficiais, estima-se que eles possam chegar a meio milhão de seguidores. Os estados com maior concentração seriam São Paulo, Paraná, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Minas Gerais. Em muitos deles, existem grandes comunidades de imigrantes árabes. Só na capital paulista há cerca de 10 mesquitas, incluindo A Mesquita Brasil, a primeira mesquita construída na América Latina.

Por que na Turquia?

Embora nem todo árabe seja muçulmano, durante séculos o chamado Mundo Árabe reuniu a maior parte dos seguidores de Maomé do planeta. O último grande império a levar a mensagem de submissão a Alá foi o Otomano, cuja sede ficava na atual Turquia.

Foi justamente a capital Istambul que hospedou o que está sendo chamado por especialistas em profecias bíblicas de “Confederação do Anticristo”. O sheik Yusuf al-Qaradawi, presidente da União Internacional de Sábios Muçulmanos, que representa o maior grupo de estudiosos muçulmanos em todo o mundo, anunciou: “Diferentemente de como era no passado, o califado dos dias de hoje deve ser estabelecido através de uma série de Estados, governados pela sharia [lei islâmica], e apoiado por autoridades e o povo na forma de uma federação ou confederação”. Com informações de Carribean News e World Bulletin



Leia mais...

Fracasso de golpe militar na Turquia tem consequências proféticas

Fracasso de golpe militar na Turquia tem consequências proféticas

5 segredos para se tornar um grande pregador da palavra de Deus!

5 segredos para se tornar um grande pregador da palavra de Deus!

Igrejas são atacadas na Turquia

Igrejas são atacadas na Turquia "pós-golpe"

Igreja acolhe muçulmanos para as orações de sexta-feira

Igreja acolhe muçulmanos para as orações de sexta-feira


Comentários

Deixe um comentário

17 Comentários em "Encontro de líderes muçulmanos mostra que América Latina é prioridade"

avatar

Ordenar por:   novos | antigos | mais votados
Davi Luchon
Davi Luchon
1 ano 8 meses atrás
Brasil eh uma nação muito atrasada no quesito cultural,primeiro apóia culto afros como se tivesse alguma logica e nos fazer crescer culturalmente ,usando como artificio que grande parte do contingente brasileiro descende dos africanos agora vem apoiar o islã como se fosse natural ,Se eh para apoiar algo que venha nos acrescentar então que apóie os judeus que tem muito a nos acrescentar pois a historia nos mostra que por onde este povo passou este lugar prosperou grandemente,apropria Turquia que tinha um enorme contingente judeu prosperou ,mas depois a mesma Turquia se quebrou quando os expulsou ,estes foram pra Espanha… Leia mais »
Advogada muçulmana
Advogada muçulmana
1 ano 7 meses atrás

Nossa, que discurso “dor de cotovelo”…

Psicólogo agnótico
Psicólogo agnótico
4 meses 16 dias atrás

Quem tá com “dor de cotovelo” é você, depois de ouvir a verdade! ;D

Cristão Conservador
Cristão Conservador
1 ano 8 meses atrás

Ou nós nos preparemos e resistimos pela nossa fé ou será o nosso fim, eles possuem um plano estratégico de dominação cultural, social e religiosa ou estamos na mesma situação da Europa e EUA, rumo a islamização, tolerância zero com essa gente pois eles não toleram outra fé cultura e costume principalmente o cristianismo e judaísmo!

Pablo G.A
Pablo G.A
1 ano 7 meses atrás

Temos que conscientizar as pessoas dessa ameaça, uma religião de violência que além de tornar as pessoas em monstros destrói e oprime a sociedade como um todo.

Marcos Profeta
Marcos Profeta
1 ano 8 meses atrás

(Os MUÇULMANOS estão sendo usados como ISCAS/COBAIAS para que a ONU/EUA derrube o PT/BRASIL em 2015, para que “AQUI” seja inaugurada a Nova Ordem Mundial liderada pela ONU/PAPA/FALSO PROFETA MOON) (O BRASIL será transformado no FALSO ISRAEL do ANTICRISTO PAPAL/MARIANO/MOON)

Advogada muçulmana
Advogada muçulmana
1 ano 7 meses atrás

Marcos Profeta, profetizando :)

sacura
sacura
1 ano 8 meses atrás

Eu penso que não ha com que nos preocupa, porque nossas vidas estão nas mão do senhor, e nada acontece sem sua permição, portanto eles podem vir, podem tentar arquiteta, mas nos somos uma nação cristã legitima verdadeira que crêr verdadeiramente em Jesus Cristo portanto temos deus o senhor dos senhores rei dos reis, que é nosso protetor,ajudador e guiar e nos jamais seremos abatidos, por quem ou que quer que seja.

eu mim
eu mim
1 ano 8 meses atrás

ja falei e repito. uma ideologia que defende casamento forcado de uma crianca de 7, 8 anos com um monstro de 40? voces acham isso normal. Se eles nao respeitam as proprias criancas voces acham que vao fazer o que com a gente? Eu convivi com muculmanas e ao contrario dos cristaos, sao poucos que tem acesso ao Corao ou Alcorao na íntegra. Acorda gente

Daniela Aguiar
Daniela Aguiar
1 ano 8 meses atrás

Nós cristãos não fomos chamados a odiar ninguém,e sim doar nossas vidas assim como JESUS doou.Nós acreditamos no mesmo DEUS de Israel,mais não somos judeus…Será que gostaríamos de estar no lugar dos mulçumanos?!Ser o primogênito mandado embora?Satanas trabalha na falta de perdão,na nossa dor…Nós fomos chamados como pacificadores,assim como nosso SENHOR JESUS.O fim está muito próximo,portanto nos preparemos,pois o caminho é a CRUZ.Dar a vida é doá-la em favor de quem não a merece.Preparemo-nos e que o SENHOR nos fortaleça,em nome do PAI,DO FILHO e do ESPIRITO SANTO,amém.

Advogada muçulmana
Advogada muçulmana
1 ano 7 meses atrás

Amém

Edson Manoel
Edson Manoel
1 ano 8 meses atrás

Eu quero ver se os latinos americanos vão abraçar esta religião beligerante!

Advogada muçulmana
Advogada muçulmana
1 ano 7 meses atrás

Abraçei…

José Silva
José Silva
1 ano 8 meses atrás

Os crimosos e traficantes serão os primeiros.

ESM
ESM
1 ano 6 meses atrás

A lei sharia proíbe quase todos os atos praticados pelos criminosos e traficantes, como droga, álcool, fornicação, jogos (apostas), etc. Logo, eles não serão os “primeiros”. Quando estiverem no poder só haverá um tipo de povo, eles próprios (muçulmanos), os outros são infiéis que devem ser exterminados. Eles só são tolerantes quando estão em desvantagem ou são minoria.

Advogada muçulmana
Advogada muçulmana
1 ano 7 meses atrás

José Silva, “milicando”

wpDiscuz