Igreja fará protestos no enterro de Paul Walker: “Está no inferno”

Igreja Batista de Westboro usou redes sociais para anunciar piquetes


Igreja fará protestos no enterro de Paul Walker: "Está no inferno"

Após a morte do ator Paul Walker, famoso pelos filmes da série Velozes e Furiosos, muitas pessoas próximas a ele destacaram sua fé cristã. Em seu perfil no Twitter, sua filha Meadow, agradeceu pelo apoio que recebeu após a morte do pai e pediu orações. “Obrigado a todos que demonstraram apoio. Isso é algo extremamente devastador e só Deus sabe o que eu e minha família estamos passando, Obrigado a todos novamente.” Também escreveu “Por favor, continuem a lembrar de minha família em suas orações”.

Contudo, para os membros da seita que se intitula “Igreja Batista de Westboro”, ele não foi para o céu e dará conta a Deus por ter estimulado as pessoas a correrem de carro, e mais: sua morte foi um castigo divino.



Como faz rotineiramente, os membros da igreja usaram as redes sociais para avisar que farão um protesto no funeral do ator. Além disso, publicaram mensagens que diziam “Nós nos alegramos quando vemos o juízo de Deus” e “O Deus furioso cortou Paul Walker da terra! Graças a Deus por sua ira justa!”.

Entre as imagens publicadas no Twitter estão acusações contra Paul Walker, “Ele viveu para si mesmo e para os deuses deste mundo (fama, dinheiro, excessos, etc). Recusava-se a servir ao Deus criador… Foi para o inferno” e “Ensinou a nação a se rebelar, sendo veloz e furiosa. Ele morreu desta mesma maneira”.

Centenas de pessoas responderam pelo Twitter, criticando a postura da chamada igreja, que ficou famosa pelos seus protestos em funerais de celebridades e militares, além de seu discurso sempre atacando os homossexuais.



O acidente envolvendo Roger Rodas, que dirigia o Porsche Carrera GT em que Walker estava de carona, causou muitas especulações. A polícia não divulgou oficialmente o que causou o acidente.  Com informações Huffington Post e NY Daily News.




Deixe seu comentário!