Estado Islâmico promete nova onda de ataques contra cristãos

Terroristas afirmam em vídeo que os cristãos são a "presa favorita dos grupos extremistas”


EI promete novos ataques contra cristãos

Perdendo espaço na Síria e no Egito, o Estado Islâmico parece estar se reagrupando no Egito. Em um vídeo divulgado nesta segunda-feira (20), afiliados do califado lembraram o ataque a uma igreja em dezembro e prometeram uma ofensiva contra a minoria cristã do país.

O vídeo de 20 minutos afirma que os cristãos são a “presa favorita dos grupos extremistas”.  São mostradas imagens de Abu Abdullah al-Masri, que matou quase 30 pessoas, principalmente mulheres, no ataque a bomba no Cairo perto do Natal.

Em seguida o narrador diz que o ataque foi “apenas o começo”. São cerca de 9 milhões de cristãos egípcios, a maioria pertence à igreja copta.


  Professor ensina a cantar afinado em 61 dias


Poucas horas depois de ser postado, o Youtube tirou do ar o material, alegando que violava as regras do site.

Somente na última semana dois cristãos coptas foram mortos na Península do Sinai. Na madrugada desta segunda, o Estado Islâmico disparou foguetes contra Israel.

Os cristãos do Egito, que compõem cerca de 10% da população, têm sido cada vez mais alvo de extremistas muçulmanos desde que os militares reassumiram o poder em 2013. Com informações Al Arabiya




Deixe seu comentário!