Centenas de evangélicos evangelizam em Fátima, durante visita do papa

Papa Francisco foi a Portugal para canonizar dois novos santos


Evangélicos evangelizam em Fátima, durante visita do papa

Centenas de evangélicos portugueses participaram da canonização de dois pastorzinhos que afirmaram ter visto a virgem Maria na cidade de Fátima em 1917. Eles foram participar de uma grande ação evangelística organizada pela Aliança Evangélica de Portugal.

Segundo o pastor Antonio Calaim, presidente da entidade, o objetivo não era gerar debates, mas apenas compartilhar a Palavra de Deus. Durante dois dias sexta-feira (12) e sábado (13), os evangélicos, que sabidamente não creem nos santos, procuraram “apoiar aqueles que visitavam Fátima, tentando suprir suas necessidades físicas, emocionais ou espirituais”, explica Calaim.



A maioria dos que foram até lá para evangelizarem eram jovens, vindos de diferentes denominações, anunciou o site ‘Evangelical Focus’. Ainda que discordem dos católicos e de seus ensinamentos, em especial os relacionados com a Virgem Maria como uma santa que ouve as rezas de seus devotos, a ideia era “interagir e dialogar com os peregrinos”, procurando temas em comum sobre Deus e a Bíblia.

“As pessoas que vão até Fátima merecem a nossa consideração”, disse o pastor Calaim à imprensa. “Percebemos uma necessidade e uma convicção em relação ao divino, em relação ao espiritual e queremos, de alguma forma, participarmos disso”, acrescentando que o objetivo não era confrontar os católicos, mas “dar um abraço e compartilhar a Palavra de Deus” com os presentes.

Aos que questionam se isso não seria uma forma de ecumenismo, o pastor explica que a linha que os separa é bem clara: “Não estamos de acordo com a idolatria de Maria, a adoração aos santos e às imagens e que coloquem a liderança da Igreja em todo o mundo sob um só homem [papa]”.



Também asseverou que os evangélicos não acreditam que as aparições de Maria sejam reais. O santuário de Fátima, perto de Lisboa, se tornou um dos mais importantes locais de peregrinação de católicos no século XX. Estima-se que mais de um milhão de peregrinos visitaram o local durante a visita papal esta semana.




Deixe seu comentário!