MENU

Ex-gay testemunha: “Jesus pode mudar qualquer um”

Movimento de pessoas que abandonaram a homoafetividade querem liberdade para se expressar


Jeffrey McCall
Jeffrey McCall. (Foto: Reprodução / CBN)

A mensagem de transformação do Evangelho está sendo “gritada dos telhados” por pessoas que viveram anos como gay, lésbicas ou transgêneros. A “Marcha Pela Liberdade” se consolidou nos Estados Unidos como um movimento de testemunho e oração por aqueles que desejam mudar de vida e não sabem onde buscar ajuda.

Este final de semana seus membros marcharão em Los Angeles, em maio ao debate político na Califórnia sobre a proibição da “cura gay”, como apelidaram seus críticos. A situação é semelhante a do Brasil, onde psicólogos estão sendo impedidos de  oferecer terapias de reversão sexual.

Leia mais

Jeffrey McCall, fundador do movimento, esclarece que o objetivo é ajudar as pessoas a encontrarem “sua liberdade em Cristo”.

“Eu realmente quero mandar a mensagem para a comunidade LGBTQ de que há esperança … Podemos dizer: ‘Ei, nós tínhamos o mesmo estilo de vida e saímos dele, seguimos a Cristo e há uma vida plena, completamente diferente… Uma vida que nem sabíamos que era possível. Uma vida com alegria, paz e liberdade”, disse ele à CBN News.

McCall viveu muito tempo como “Scarlet”, uma mulher transgênero. Até que o amor de Deus transformou sua vida. “Um dia eu comecei a falar com Deus e nem sei de onde realmente o pensamento veio, mas dizia no meu interior: ‘Eu vou viver para você?’ Eu só queria saber”, conta.

De repente, aconteceu algo que mudou sua vida para sempre: “Ele falou comigo e todos os pensamentos em minha mente silenciaram. Ouvi-o dizer: ‘Sim, você viverá por mim’.”

McCall conta que desde o momento em que veio a público falar sobre o direito à “liberdade de expressão” dos ex-LGBTs recebeu ameaças. Mas ele também foi procurado por muita gente que o agradecia, pois viviam esse problema.

Luis Javier Ruiz e Angel Colon têm histórias semelhantes. Eles fazem parte da equipe que planejou a primeira “Marcha da liberdade” em Washington. Ela acontece neste domingo (4) em Los Angeles e já estão planejando uma próxima em Orlando em 2019.



Assuntos: , , ,


Deixe sua opinião!