MENU

Ezequiel Teixeira condena ataque contra Bolsonaro: “facada na democracia”

"O Brasil precisa orar muito, pois é algo mais espiritual que se imagina", afirma deputado


Imagem: Carla Muller

O deputado federal Ezequiel Teixeira (Pode/RJ) solidarizou-se com o candidato a presidente Jair Bolsonaro, vítima de um atentado contra sua vida nesta quinta (6). Amigo da família e apoiador da candidatura de Flávio Bolsonaro a senador pelo Rio de Janeiro, o parlamentar disse que o ocorrido foi lamentável.

“Estamos orando, o Brasil precisa orar muito, pois é algo mais espiritual que se imagina. Estão querendo matar a democracia, dar uma facada na democracia”, afirmou ele ao Gospel Prime. Lembrando da última eleição a presidente, comentou “estão querendo matar o [Jair] Bolsonaro, mas não vão conseguir”.

Leia mais

Ainda segundo o político carioca, que é apóstolo do Projeto Vida Nova, “o Brasil pertence ao Senhor Jesus e vamos continuar lutando”. Candidato a reeleição, Teixeira diz que esse tipo de situação apenas reforça sua convicção de que é necessário se posicionar e condenou o uso de qualquer forma de violência na campanha.

“O Brasil está diante de uma encruzilhada e cada voto pode ajudar a mudar a história do nosso país. Chega de violência, precisamos ver a ordem voltar. Continuarei lutando pela Igreja, pela família, pelos nossos valores e princípios”, assegurou.

Ezequiel Teixeira se junta a outros líderes evangélicos como Marco Feliciano, Magno Malta e Silas Malafaia, que vieram a público expressar seu repúdio pelo ataque e pedir que a Igreja brasileira ore pela situação do país”.



Assuntos: , ,


Deixe sua opinião!

Mais notícias