MENU

Ex-muçulmanos convertidos a Jesus são ameaçados de morte

Depois de uma cura milagrosa, família se decidiu pelo cristianismo e agora é perseguida


Cristãos perseguido segura vela.
Cristãos perseguido segura vela.

A perseguição aos cristãos no Quênia costuma acontecer de forma muito violenta. A presença do grupo radical islâmico Al-Shabaab faz com que os ataques contra eles sejam frequentes. Abandonar o islamismo é um dos principais motivos para isso.

Foi o que aconteceu com uma família que vive no sudeste do país. Assim que se decidiu pelo cristianismo, os muçulmanos deram apenas um dia para que retornasse ao islamismo ou então todos seriam mortos.

Leia mais

“Se não abandonarmos Jesus enfrentaremos a espada”, disse Abdul Abuk-Bakr ao Morning Star News. Abuk conta que teve uma doença grave e não conseguiu a cura depois de ter visitado vários médicos. Mas quando recebeu a oração de um pastor foi curado instantaneamente.

Ele é casado e pai de dois filhos. Quando a família presenciou o milagre de perto, todos acreditaram em Jesus. A notícia da conversão deles se espalhou rapidamente pela vila. “Assim que os líderes da mesquita em Sera souberam, recebi a notícia que os muçulmanos planejavam matar todos nós”, conta.

No dia 6 de novembro, eles foram avisados do prazo para retornar à antiga fé. Agora a família está refugiada numa igreja local. Para a comunidade, eles se tornaram apóstatas e infiéis, por isso “merecem morrer”, declarou um líder da mesquita.

“A vida se tornou muito difícil para nós, pois os muçulmanos estão monitorando nossos passos. Nossos filhos de 4 e 5 anos estão escondidos na casa de um irmão. Sei que sentem falta do nosso amor, mas a segurança deles é mais importante”, comentou.

Sem lar fixo, sem alimento e vivendo num ambiente ameaçador, o casal sente que está perdendo a paz. “Minha esposa passou noites sem dormir, pensando nas crianças. Nós realmente precisamos de orações para permanecer na fé cristã e precisamos da paz que vem de Deus”, concluiu Abuk.



Assuntos: ,


Deixe sua opinião!