MENU

Feliciano pede oração pelo Brasil: “Deus sarará a nossa terra”

Parlamentar lembra que “profetizou” a eleição de Bolsonaro em 2016


Marco Feliciano
Marco Feliciano discursa no Congresso (Foto: Reprodução)

O deputado federal Marco Feliciano (Pode/SP) sempre se definiu como um “soldado” de Jair Bolsonaro. Ao longo da campanha este ano desafiou seu próprio partido, declarando voto no capitão enquanto o Podemos tinha como candidato o senador Álvaro Dias.

Em diversas publicações no Twitter e Facebook – onde tem mais de 4,3 milhões de seguidores – fez discursos veementes em favor do candidato do PSL. Após ser confirmada pelo TSE a vitória de Bolsonaro, o pastor usou as redes sociais para fazer uma análise do que os brasileiros terão pela frente.

Leia mais

Recuperando um discurso seu no plenário em março de 2016, lembrou que havia “profetizado” que o então deputado Jair Bolsonaro seria “o próximo presidente do Brasil”.

Posteriormente, destacou que “eu e mais 57 milhões de brasileiros fomos chamados de fascistas, racistas, homofóbicos e outras coisas impronunciáveis aqui, mas nenhum de nós nos calamos. Não nos intimidaram”. Segundo ele, “a patrulha [ideológica] pegou pesado, mas resistimos”.

Como de costume, destacou os desmandos da esquerda enquanto ocupou o poder. “A herança maldita do PT não foi apenas nas finanças, e no moral, mas na destruição da paz coletiva, da comunhão entre os irmãos brasileiros”.

O parlamentar acredita que “vai levar muito tempo para pacificar o país e nos unir novamente” e alertou que “esses guerrilheiros esquerdopatas tentarão fazer do Brasil um inferno”. Feliciano destacou então que “não será fácil”, pois “teremos contra nós a grande imprensa, os artistas de esquerda, a esquerda internacional, as viúvas do PT, PCdoB, os PSOLISTAS raivosos”.

Terminou pedindo para que os “homens e mulheres de oração” do país intensifique sua intercessão pois assim “Deus sarará a nossa terra, em nome de Jesus”.



Assuntos: , ,


Deixe sua opinião!