MENU

Feliciano defende Trump no Congresso e desmente a Globo

Deputado volta a ser perseguido por deputado de esquerda


Marco Feliciano
Marco Feliciano discursa no Congresso (Foto: Reprodução)

O deputado federal Marco Feliciano (Pode/SP) se define como “um entusiasta do governo Trump”, tendo citado o presidente norte-americano como referência em diversas ocasiões.

Esta semana, em meio à grande polêmica envolvendo a lei que separava imigrantes que eram pegos entrando ilegalmente nos EUA de seus filhos, o parlamentar explicou que a campanha midiática sobre o tema é enganosa.

“Eu fui estudar o assunto”, explicou Feliciano, “a lei foi aprovada em 1997 pelo democrata Bill Clinton e aplicada por Barack Obama, que também era democrata, de esquerda”. O deputado lembrou que “Donald Trump só fez cumprir a lei, não existe uma lei que diga que a criança possa ficar presa junto com o pai e a mãe no mesmo lugar”.

Leia mais

Em um ataque direto aos políticos de esquerda, assegurou: “a esquerda mente, dissimula e estimula a mentira”. Disse ainda que Trump já havia tomado providências, ao assinar uma ordem executiva, para que essa separação não ocorra mais.

Ao publicar o vídeo com seu pronunciamento, escreveu que estava desmentindo PSOL, PT, PC do B e a Rede Globo. Afinal, ao longo da semana, representantes desses partidos insistiram na narrativa que a lei era “cruel” e “desumana” e atacaram o presidente norte-americano. Por sua vez, a rede Globo exibiu no Jornal Nacional matérias que reforçavam essa ideia.

Assista:



Assuntos: ,


Deixe sua opinião!

Mais notícias