“Homofóbico tem que ir preso”, defende presidente da bancada evangélica                       

A bancada defende a criminalização da homofobia, afirma Hidekazu Takayama (PSC-PR)


"Homofóbico tem que ir preso", defende presidente da bancada evangélica

O deputado Hidekazu Takayama (PSC-PR) líder da bancada evangélica na Câmara dos Deputados desde abril, em entrevista ao HuffPost Brasil, defendeu a criminalização da homofobia.

Takayama esclareceu que o cristão não é homofóbico por declarar-se contrário a homossexualidade. “Nós amamos o homossexual. Só não amamos a prática. Jesus disse: Eu amo o pecador. Ele não disse: Eu amo o pecado”.

O deputado comenta que a base da crença cristã é as Sagradas Escrituras. “Na Bíblia tem algumas coisas que eu sei que ferem ou que alguns acham que é errado, mas nós entendemos assim. Nós não somos homofóbicos, apenas temos a nossa posição”, justifica.


  Psicólogo ajuda cristãos a vencer o vício da pornografia


Provando que os cristãos não são criminosos homofóbicos, Hidekazu aponta que entre 4 mil assassinatos de homossexuais no Brasil, nenhum deles foi praticado por um fanático religioso. “Ouvi falar dos skinheads e 96,2% foram praticados por briguinhas íntimas, vamos dizer assim. Não foi praticado por cristãos. O cristão é orientado a não viver essa violência”.

A bancada evangélica, de acordo com Takayama, é favorável a tornar crime a homofobia.

“Com certeza. Camarada que praticar crime contra homossexual tem que ir pra cadeia, preso. Nós somos a favor da criminalização da homofobia”. A frente parlamentar pretende penalizar os homofóbicos pelas suas ações. “Homofóbico tem que ir preso, sim, senhor”, acrescentou o líder da bancada.

Takayama também considera desnecessária a discussão de temas relacionados a violência de gênero nas escolas. “A criança não sabe discernir até onde pode isso ou não. Não é para uma criança de quatro a dez anos que deva entrar isso. É uma discussão para o terceiro grau, quando a pessoa já tem um nível de formação”, defende.




Deixe seu comentário!