MENU

Segundo Ibope, Lula lidera intenção de voto entre evangélicos

Levantamento faz análise específica por religião


Lula
Lula (Foto: Sérgio Lima/PODER 360)

Uma nova pesquisa Ibope, encomendada pela TV Globo e pelo jornal “O Estado de São Paulo” e divulgada nesta terça (20), avaliou a intenção de voto para presidente da República em dois cenários distintos. Apesar de estar preso em Curitiba e inelegível, por ter sido condenado em 2ª instância, o nome ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi incluído.

A pesquisa realizada entre os dias 17 e 19 de agosto ouviu 2.002 eleitores em 142 municípios. Ela também foi dividida por sexo, idade, escolaridade, renda, região, religião e raça.

Leia mais

Entre os católicos, Lula lidera com 41% e Jair Bolsonaro vem em seguida, com 15%. Geraldo Alckmin aparece com 6% e Marina Silva tem 5%. Os demais têm percentuais abaixo disso.  Brancos e nulos somam 16% e os que dizem “Não sabe/não respondeu” são 6%

Já entre os evangélicos, Lula aparece com 31% e Jair Bolsonaro com 23%. Marina Silva soma 8% e Geraldo Alckmin tem apenas 5%.  Muito identificado com o segmento, Cabo Daciolo figura com 1%. Entre os entrevistados, brancos e nulos são 15% e “Não sabe/não respondeu” somam 7%.

Contraste

Cerca de um terço da população brasileira é formada por evangélicos. Segundo o Ibope, são pelo menos 27% dos eleitores do país. Historicamente, o segmento tende a apoiar candidatos que se identificam com as bandeiras conservadoras defendidas pela maioria.

No final de julho, o Instituto Idea Big Data propôs, a pedido da revista Veja, fez uma pesquisa eleitoral focada especificamente na intenção de votos entre o público evangélico. O contraste com os números do divulgados pelo Ibope é grande.

Entre os pentecostais, Jair Bolsonaro tem 25% da preferência, Lula tem 24% e a ex-ministra Marina Silva (Rede) – fiel da Assembleia de Deus – 13%. Brancos e nulos são 9% e indecisos, 8.

Junto aos batistas, Bolsonaro tem 28% dos votos, 22% do petista e 13% optam por Geraldo Alckmin (PSDB). Brancos e nulos são 10% e indecisos somam 9%.

Outras vertentes (protestantes históricos, neopentecostais etc) mostram Bolsonaro com 31%, Lula com 26% e Marina, 7%, Ciro Gomes (PDT), com 6%. Brancos e nulos somam 17% e indecisos, 5%.

Os dados divulgados pelo Ideia Big Data têm margem de erro de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. Entre os dias 20 e 23 de julho foram ouvidos 2.036 eleitores, que vivem entre 134 municípios do país.



Assuntos: , , , ,


Deixe sua opinião!