Igreja Mundial não é reconhecida pelo governo de Angola

Sem este reconhecimento a denominação não pode funcionar no país


IMPD não é reconhecida pelo governo de Angola

Nesta terça-feira (3) o governo angolano resolveu divulgar o motivo que o leva a impedir que a Igreja Mundial do Poder de Deus continue trabalhando no país: a igreja não recebeu o reconhecimento oficial.

Na Angola apenas denominações legalmente reconhecidas podem funcionar, o país permite 83 confissões religiosas e a denominação fundada por Valdemiro Santiago não está entre elas.

A agência de notícias Lusa divulgou o ultimato do governo, se a Mundial continuar com as portas abertas responderá criminalmente por isso.

O Ministério da Justiça e dos Direitos Humanos divulgou que a Igreja Mundial do Poder de Deus “não detém personalidade jurídica à luz da lei angolana, não podendo exercer quaisquer direitos e deveres, nos termos da referida lei”.

No site da igreja encontramos o endereço do templo em Luanda, o único na Angola. O site RTP notícias afirma que a Mundial continua divulgando cultos e eventos pela cidade, o último deles aconteceu em 11 de fevereiro.

Vale lembrar que a revista Época noticiou recentemente que a Igreja Mundial do Poder de Deus fechou todos os seus oito templos do continente africano. Naquela semana o Gospel Prime tentou confirmar a informação com a assessoria da igreja, mas um funcionário de relações públicas não quis dar nenhum tipo de informação.




Deixe seu comentário!