MENU

Igreja onde pastor distribuía “dinheiro milagroso” é fechada por fraude

Templo ficava em Botswana, na África


Shepherd Bushiri
Shepherd Bushiri

A Igreja Iluminada da Reunião de Cristãos, pastoreada por Shepherd Bushiri em Botswana, sul da África, foi fechada pelo governo. A decisão veio na esteira de sucessivas denúncias de fraude.

Era comum nos cultos a distribuição do chamado “dinheiro milagroso”. Primeiramente, as pessoas começaram a testemunhar que o dinheiro simplesmente ‘apareceu’ em suas contas quando elas mais precisavam.

Tempos depois, após a oração no culto, muitos diziam que haviam recebido uma ‘bênção’ e saiam da igreja com várias notas, porém eram falsas. Aos fiéis, ele afirmava que era uma questão de fé, que elas ‘representavam’ a bênção que estava por vir.

Aparentemente, algumas pessoas cansaram de esperar e denunciaram o pastor às autoridades.

Edwin Batshu representante do governo do Botswana, explicou que a igreja foi fechada por causa de continuas violações envolvendo dinheiro falso. Seu “registro” foi cancelado e o pastor Bushiri, que mora na vizinha África do Sul, está impedido de entrar no país.

As controvérsias de Bushiri se multiplicam junto com sua fama. Ele tem mais de 2,3 milhões de seguidores no Facebook e enche estádios de futebol em suas conferências em solo africano.  Atualmente, a denominação fundada por ele está presente em vários países.

Além de pregar uma mensagem de prosperidade, ele afirma ser profeta e ter realizado muitos milagres, incluindo a cura de pessoas com HIV e até ressuscitado mortos. Contudo, ele ficou famoso mesmo após um vídeo onde ele “flutua” ter viralizado nas redes sociais.

Em sua conta do Facebook, Bushiri disse que está triste pelo fechamento da igreja em Botswana, mas que Deus continua usando sua vida em outros países. Ele não disse nada sobre o dinheiro ser falso. Com informações BBC e Christian Post

 



Assuntos:


Deixe sua opinião!

Mais notícias